Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Larcamón promove concorrência no Cruzeiro e diz quem será titular

Treinador analisou montagem do elenco e mexidas no time no começo da temporada

O técnico Nicolás Larcamón recebeu mais dois reforços estrangeiros no Cruzeiro e aguarda a oficialização do terceiro. Depois do defensor Lucas Villalba e do meio-campista José Cifuentes, argentino e equatoriano, respectivamente, o treinador terá à disposição o jovem meia Álvaro Barreal. O compatriota do treinador deve ser oficializado em breve como reforço, emprestado pelo Cincinnati, dos Estados Unidos.

A chegada de mais atletas aumenta a concorrência no elenco, o que agrada ao comandante celeste.

“Sinto que Villalba e o Cifuentes vão fazer uma boa competição interna, o que fortalecerá o bom desempenho. Os jogadores sabem que tem que responder, porque tem outro jogador com capacidade de jogar. Isso sempre é benéfico para todos, principalmente para o time”, comentou.

Nesta temporada, o Cruzeiro já foi eliminado da Copa do Brasil, mas ainda tem um calendário recheado até o fim do ano. Além da disputa em andamento do Estadual, o time celeste terá pela frente o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana.

“Acho que o nosso calendário vai precisar que nós, como time, tenhamos a capacidade de ter mais de 11 nomes que possam jogar. Sinto que agora é o momento de construir essa rotação competitiva e não aguardar um jogo que tenhamos um lesionado ou suspenso”, destacou após a vitória do Cruzeiro por 2 a 0 em cima do Pouso Alegre, no Campeonato Mineiro.

Por todos os compromissos, a disputa por posições já é intensa no clube. Em todos os setores do campo há competições por vaga.

Zé Ivaldo, Neris e João Marcelo saem na frente por espaço na zaga. O jovem Ruan Santos corre por fora.

“Uma boa maneira de fortalecer o grupo e a competência interna, é dar oportunidade a outros jogadores. Claro que João Marcelo, Zé Ivaldo, Neris são muito bons jogadores. Posso falar bem de características de um ou de outro. Mas, é certo que essa boa competição interna, se eu defino só por dois, o terceiro, quando tem que jogar, terá falta de confiança, de forma física”, explicou Larcamón.

Mais disputas

Na lateral, a disputa acontece tanto na direita quanto na esquerda. William e Wesley Gasolina competem do lado direito, enquanto Marlon ganhou um novo concorrente. Além de Kaiki, atualmente lesionado, Lucas Villalba chegou para disputar posição na esquerda.

No meio-campo, Lucas Romero, Lucas Silva, Machado, Ramiro e Japa ganharam a concorrência do equatoriano José Cifuentes.

Nesse setor há ainda Fernando Henrique, jovem atleta que se recupera de lesão muscular e tenta conquistar espaço desde o ano passado.

Na faixa ofensiva do meio, Matheus Pereira é o titular e não tem tantos concorrentes. Mateus Vital seria uma opção. No ataque, Juan Dinenno abriu distância na artilharia com quatro gols, e ganha pontos na briga pela titularidade. Arthur Gomes, Robert e Rafael Elias disputam uma vaga.

Gabriel Veron, Rafael Bilu e Rafa Silva estão à disposição do departamento de saúde e performance. Em breve vão entrar na disputa por vaga no setor ofensivo.

“Contente com a volta do (Mateus) Vital também, sentia muita necessidade de ver Papa (Papagaio) trabalhando. Sinto que tenham que melhorar suas condições, mas estão voltando para serem importantes. Ainda temos a situação de Gabriel Veron, jogador que tenho muita expectativa de sua participação. Ainda não pude nem sequer vê-lo em um jogo-treino. Estamos construindo, e o importante é fazer essa construção competindo bem.

Participe do canal da Itatiaia no WhatsApp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Leia mais