Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Japa, do Cruzeiro, pede passagem entre titulares e vira ‘problema’ para Larcamón

Apesar da eliminação contra o Sousa, volante demonstrou personalidade contra o time da Paraíba na Copa do Brasil

Em uma noite marcada por atuações abaixo da média, Japa foi um raro destaque do Cruzeiro na eliminação contra o Sousa na Copa do Brasil. O volante, de 20 anos, foi acionado no intervalo pelo técnico Nicolás Larcamón, deu lugar ao experiente Lucas Silva, de 31, e correspondeu.[

Apesar da desclassificação do Cruzeiro na 1ª fase da Copa do Brasil, os números demonstram que Japa foi intenso no duelo com o time paraibano. Segundo dados do Sofascore, o meio-campista venceu cinco dos seis duelos pelo chão, desarmou os adversários quatro vezes no jogo e ainda teve 100% em jogadas aéreas (2/2).

Conforme a plataforma especializada em estatísticas, Japa ainda sofreu uma falta no confronto e fez uma interceptação no segundo tempo.

Vale destacar que, contra o Sousa, Larcamón começou a partida com três volantes: Lucas Romero, Lucas Silva e Filipe Machado.

Assim como Lucas Silva, o argentino também deixou o campo e foi substituído pelo jovem Ian Luccas.

No último domingo (18), diante do Democrata, em Governador Valadares, Japa foi titular e atuou como um ala esquerdo, já que Marlon estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Após a vitória no Vale do Rio Doce, pelo Campeonato Mineiro, o camisa 77 também recebeu elogios da comissão técnica cruzeirense.

Nesta temporada, Japa já fez cinco jogos e foi titular em dois. Ao todo, ele soma 12 partidas pelo time principal do Cruzeiro. Na reta final da Série A do Campeonato Brasileiro, em 2023, o meio-campista foi titular com Paulo Autuori e finalizou o ano em alta.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Leonardo Garcia Gimenez é repórter multimídia na Itatiaia. Natural de Arcos-MG e criado em Iguatama-MG. Passou também pela Record Minas.
Leia mais