Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Gil pede tempo para Corinthians ter a cara de Mano e foca na Sul-Americana

Timão tem decisão pela Sul-Americana contra o Fortaleza

O Corinthians saiu derrotado, de virada, para o São Paulo na noite deste sábado (30). Com time alternativo pensando nas semifinais da Sul-Americana na próxima terça-feira (3), Gil foi um dos titulares em campo, e justificou o pouco tempo de trabalho e foco no Fortaleza na derrota.

Começo de Mano Menezes

“Com o tempo a equipe vai ficar do jeito que ele (Mano Menezes) quer. Nós sabíamos que o jogo hoje ia ser muito difícil, com as possibilidades que ele tinha para colocar em campo. Tivemos momentos bons no jogo, mas quando se toma o gol no clássico, a equipe fica assustada, não podemos cometer esses erros novamente. É ter tranquilidade, continuar trabalhando. Terça-feira tem nova decisão”, revelou o jogador na zona mista do Estádio do Morumbi.

O novo treinador da equipe, Mano Menezes, não pôde estar com o elenco no estádio do Morumbi por suspensão que teve que cumprir da época do Internacional, mas comandou o treino da última sexta-feira (29).

“Tivemos um dia ontem para poder treinar. A equipe já saiu definida, não teve nada disso de só sabermos hoje quem jogaria”, revelou o zagueiro.

Foco na Sul-Americana

Após derrota no Majestoso, o foco do Corinthians é direcionado para o jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana. O duelo contra o Fortaleza, na Arena Castelão, define quem avança à final do torneio. Na ida, empate por 1 a 1 na Neo Química Arena.

“Nosso grupo é experiente. Nos conhecemos há muito tempo. O professor também já conhece. Os garotos que estão começando têm bastante rodagem para entender o jogo um do outro. Sabemos do momento do São Paulo, de campeão da Copa do Brasil, venceram na quarta-feira, começamos bem, mas depois sofremos um pouco. É colocar a cabeça no lugar, se fortalecer como um grupo”, finalizou.

O Corinthians encara o Fortaleza nesta terça-feira (3), às 21h30 (de Brasília). O duelo está marcado em Fortaleza, na Arena Castelão, e o Timão precisa de uma vitória simples para avançar no tempo normal. Qualquer empate leva o jogo aos pênaltis.

Jornalista fascinado por futebol de base e análise de desempenho. Faz a cobertura de São Paulo e Palmeiras na Itatiaia após passagens por ESPN, Globoesporte.com e Band.
Leia mais