Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Corinthians demite o técnico Vanderlei Luxemburgo

Timão oficializou a decisão nesta quarta-feira (27), um dia após empate com o Fortaleza

Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Corinthians. O clube anunciou a decisão na tarde desta quarta-feira (27), menos de 24 horas depois do empate por 1 a 1 com o Fortaleza, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana.

Em nota, o Corinthians agradeceu aos trabalhos de Luxemburgo e de sua comissão técnica. A equipe do treinador, formada pelo auxiliar Maurício Copertino e os preparadores Antônio Melo e Daniel Félix, também deixam o clube.

“O Sport Club Corinthians Paulista informa que, a partir desta quarta-feira (27), o técnico Vanderlei Luxemburgo e sua comissão técnica não comandam mais a equipe principal masculina de futebol”, informou o Corinthians.

“O clube agradece a todos pelo trabalho e dedicação e deseja sucesso aos profissionais na sequência de suas carreiras. A comissão técnica permanente do Corinthians comandará o treino de hoje”, complementou.

Luxemburgo no Corinthians

Luxemburgo tinha contrato até o fim de 2023 e deixou o comando técnico do Timão um dia após empate em 1 a 1 com o Fortaleza. O jogo de volta, pela semifinal da Sul-Americana, está marcada para 3 de outubro, às 21h30, no Castelão.

O treinador contratado pelo Corinthians em 1º de março, como substituto de Cuca, foi demitido após 38 partidas - 14 vitórias, 12 empates e 12 derrotas.

O Corinthians volta a campo no sábado (30), às 18h30. O Timão visita o São Paulo no clássico Majestoso no Morumbi, na capital paulista, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe ocupa a 10ª posição, com 30 pontos. Já o Tricolor é o 14º, com 28.

Tite no radar

Uma opção para comandar o Corinthians é o treinador Tite, livre no mercado desde dezembro de 2022, depois de passagem pela Seleção Brasileira. O técnico está no radar do Timão e também do Flamengo, que pretende demitir o argentino Jorge Sampaoli.

Por meio de Fábio Mahseridjian, preparador físico do Corinthians e fiel escudeiro do treinador, Tite sinalizou ao clube paulista que aceitaria conversar para retornar ao clube caso o cargo de treinador ficasse vago.

Tite comandou o Corinthians entre e 2004 e 2005, na primeira passagem, de 2010 a 2013, em uma segunda, e entre 2015 e 2016. Ele soma 378 jogos à frente do Timão, com 196 vitórias, 110 empates e 72 derrotas.

Foram seis conquistas de Tite pelo Corinthians: Campeonato Brasileiro (2011 e 2015), Campeonato Paulista (2013), Copa Libertadores (2012), Mundial de Clubes (2012) e Recopa Sul-Americana (2013).

Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Responsável por acompanhar o dia a dia de Corinthians e Santos pela Itatiaia Esporte. Passagem também como repórter do portal Meu Timão
Leia mais