Ouvindo...

Times

CBF altera horário de primeiro jogo do Fortaleza após atentado sofrido no Recife

Partida contra o Fluminense-PI pela Copa do Brasil, no domingo (3), será às 20h30 (de Brasília); confronto já havia sido adiado em três dias

A CBF fez nova alteração na partida entre Fluminense-PI x Fortaleza, em Teresina, pela primeira fase da Copa do Brasil. Agora foi no horário: o confronto será no domingo (3), mas às 20h30 (de Brasília), não mais às 18h30 (de Brasília). Foi um pedido dos detentores dos direitos de transmissão.

Antes, a diretoria de competições da confederação brasileira já havia adiado em três dias o jogo, marcado inicialmente para as 20h (de Brasília) desta quinta-feira (29). A mudança ocorreu a pedido da Federação Cearense de Futebol (FCF) e do Fortaleza para dar mais tempo de recuperação aos atletas após o atentado que a delegação sofreu no Recife, na semana passada, após o 1 a 1 contra o Sport pela Copa do Nordeste.

O ataque de torcedores do Sport com bomba e pedras ao ônibus que levava o grupo da Arena de Pernambuco ao hotel deixou seis jogadores feridos, além de abalo emocional em todos os integrantes do departamento de futebol.

O zagueiro Titi e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar não vão enfrentar o Fluminense-PI por causa de lesões sofridas durante a emboscada. O atacante Thiago Galhardo é outro desfalque. Ele foi afastado, a pedido, para tratar da saúde mental após ter crises de pânico.

O goleiro João Ricardo, o lateral Dudu, o zagueiro Brítez e o volante Lucas Sasha já treinam em campo com os companheiros e estarão à disposição do técnico Juan Pablo Vojvoda.

O Fortaleza joga pelo empate para avançar à segunda fase da Copa do Brasil, na qual enfrentaria um rival pernambucano, o Retrô, como mandante na Arena Castelão.

Na semana passada, acatando pedido da procuradoria, o presidente do STJD, José Perdiz, proibiu que o Sport jogue com torcedores no estádio, como mandante ou visitante, em partidas organizadas pela CBF, como a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste. Confrontos pelo Estadual estão liberados com sua torcida.

A polícia de Pernambuco continua investigando a emboscada. Um homem se apresentou confessando ter participado do ataque, mas como já estava fora do prazo de flagrante foi ouvido e liberado. A diretoria do Fortaleza tem cobrado diariamente agilidade na identificação dos culpados.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais