Ouvindo...

Times

Maurício Pochettino deixa comando do Chelsea após uma temporada

Informações apontam que o treinador argentino deixa o clube em ‘comum acordo’, um ano antes do fim do vínculo com os Blues

O técnico Mauricio Pochettino não vai continuar no comando do Chelsea para a próxima temporada. Em comunicado emitido nesta terça-feira (21) os Blues confirmaram a saída do argentino, assim como Jesus Perez, Miguel d’Agostino, Toni Jimenez e Sebastiano Pochettino, membos da comissão técnica.

“Em nome de todos no Chelsea, gostaríamos de expressar nossa gratidão a Mauricio por seu serviço nesta temporada. Ele será bem-vindo de volta a Stamford Bridge a qualquer momento e desejamos-lhe tudo de melhor em sua futura carreira de treinador”, disse o clube.

Segundo informação publicada pelo jornalista Matt Law, do jornal inglês The Telegraph, o argentino deixou os Blues em “comum acordo”.

Leia também

O veículo destacou que Pochettino se reuniu com Todd Boehly, um dos acionistas do clube, na sexta-feira (17), e passou horas em reunião nesta terça (21) com outros membros da gestão do Chelsea. A saída foi descrita como “amigável”, sem qualquer desavença entre a direção do clube e o treinador.

Com a confirmação, Pochettino deixa os Blues um ano antes do fim do contrato. Foram 51 jogos na temporada 2023/24, com 26 vitórias, 11 empates e 14 derrotas.

“Obrigado ao grupo proprietário do Chelsea e aos Diretores Esportivos pela oportunidade de fazer parte da história deste clube de futebol. O Clube está agora bem posicionado para continuar avançando na Premier League e na Europa nos próximos anos”, afirmou o técnico argentino.

Após um começo turbulento, o Chelsea terminou a Premier League em 6º lugar e garantiu vaga nas competições europeias da próxima temporada. O clube aguarda a final da Copa da Inglaterra para ter a definição se jogará a Europa League ou a Conference League em 2024/25.

Além disso, Pochettino levou os Blues à decisão da Copa da Liga Inglesa, na qual foi derrotado pelo Liverpool por 1 a 0 na prorrogação.

Desde que a Clearlake Capital-Boehly comprou as ações do Chelsea, em 2022, cinco treinadores já estiveram no comando da equipe: Thomas Tuchel, Graham Potter, Bruno Saltor (interino), Frank Lampard (interino) e Mauricio Pochettino.

Entre os nomes ventilados para o cargo, estão Sebastian Hoeness, do Stuttgart, Michel, do Girona, Kieran McKenna, do Ipswich Town, que é alvo também do Brighton, e Enzo Maresca, do Leicester City.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista formado na PUC Minas. Experiência com reportagens, apresentação e edição de texto em televisão, rádio e web. Vivência em editorias de Cidades e Esportes.
Leia mais