Ouvindo...

Times

Palmeiras vira sobre o Mirassol e garante vaga antecipada nas quartas do Paulistão

Gols de Aníbal Moreno, Raphael Veiga e Breno Lopes garantiram resultado para o time de Abel Ferreira, que agora vai brigar por primeiro lugar do grupo e da classificação geral

O Palmeiras garantiu a classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista ao vencer de virada o Mirassol por 3 a 1, na noite deste sábado (24), na Arena Barueri, na Grande São Paulo.

O time chegou aos 21 pontos, com ainda três jogos nesta fase, e pode até fechar a 10ª rodada com a primeira posição do Grupo B garantida. Para isso a Ponte Preta não pode ganhar do Corinthians neste domingo (25), às 20h (de Brasília), em São Paulo.

Os gols foram de Aníbal Moreno, de cabeça, o seu primeiro gol com a camisa alviverde, de Raphael Veiga, de pênalti, e de Breno Lopes. Veiga voltava ao time recuperado de um problema ocular. Rodrigo Ferreira fez o gol do Mirassol, que briga por uma das vagas do Grupo C, do Corinthians, na próxima fase.

O Palmeiras completou 36 jogos sem perder na primeira fase do Campeonato Paulista, com 26 vitórias e dez empates. A última derrota da equipe na primeira fase do Estadual foi em abril de 2021. Na ocasião, o time, já comandado pelo técnico Abel Ferreira, perdeu para a Inter de Limeira por 1 a 0.

A classificação antecipada amenizou a sensação de decepção que ficou no time após ceder o empate para o Corinthians (2 a 2) na rodada passada, quando ainda tinha dois jogadores a mais em campo.

O jogo

O Mirassol tentou jogar de igual para igual contra o Palmeiras e por muitas vezes conseguiu. Os dois times tiveram chances de marcar, nos dois tempos, mas o time da casa foi mais eficiente.

Só que quem abriu o placar foi o Mirassol. Chico Kim cobrou escanteio e Rodrigo Ferreira se antecipou a Murilo para cabecear firme.

Isso foi aos 14 minutos do primeiro tempo. Dez minutos depois, Raphael Veiga cobrou escanteio, Muralha tirou de soco, mas Richard Ríos ajeitou para Luan. O zagueiro cruzou na cabeça de Aníbal Moreno, que cabeceou certeiro para empatar.

O jogo continuou equilibrado no segundo tempo, mas Gazal derrubou Flaco Lopes e a árbitra Edina Alves marcou o pênalti. Raphael Veiga cobrou no lado esquerdo, e Muralha caiu para o direito.

O Mirassol teve chances de empatar, uma incrível com Dellatorre, mas não conseguiu. E o Palmeiras matou o jogo em um contra-ataque, com Zé Rafael lançando Breno Lopes. O atacante disparou, invadiu a área e chutou cruzado para marcar.

Próximos confrontos

O Palmeiras enfrenta a Portuguesa na quarta-feira (28), às 19h30 (de Brasília), em jogo atrasado da quinta rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. O jogo será no estádio do Canindé, em São Paulo.

O Mirassol, curiosamente, também tem como próximo rival a Portuguesa, mas no próximo sábado (2), às 18h (de Brasília), em Mirassol, pela 11ª rodada do Paulistão.

Palmeiras 3 x 1 Mirassol

Palmeiras

Weverton; Marcos Rocha, Luan, Murilo e Piquerez; Aníbal Moreno (Gabriel Menino), Ríchard Ríos, Zé Rafael e Raphael Veiga (Caio Paulista); Flaco López (Rony) e Endrick (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira.

Mirassol

Alex Muralha; Rodrigo Ferreira, Lucas Gazal (Wanderson), Luiz Otávio e Marcelo (Diego Gonçalves); Danielzinho, Gabriel, Fernandinho (Isaque), Chico Kim (Paulinho Bóia) e Negueba (Wesley Santos); Dellatorre. Técnico: Mozart.

Gols
Aníbal Moreno (24min1ºT), Raphael Veiga, de pênalti, (14min2ºT), Breno Lopes (44min2ºT) para o Palmeiras
Rodrigo Ferreira (14min1ºT) para o Mirassol

Cartões Amarelos
Endrick, Luan, Aníbal Moreno (Palmeiras)

Motivo: 10ª rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista
Data e horário: 24 de fevereiro de 2024, às 18h (de Brasília)
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)

Árbitro: Edina Alves Batista
Auxiliares: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Dênis Matheus Afonso Ferreira
Árbitro de vídeo: Thiago Duarte Peixoto

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais