Ouvindo...

Times

Cruzeiro segura pressão e empata com o Vasco em São Januário pelo Brasileiro

Jogo em São Januário foi, em sua maior parte, de poucas oportunidades e terminou sem gols pela nona rodada

O Cruzeiro resistiu à pressão do Vasco nos minutos finais, em São Januário, e segurou o empate em 0 a 0, neste domingo (16), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo de poucas oportunidades, o jogo ganhou emoção na etapa final, com Anderson sendo o responsável por evitar a derrota em grande defesa em chute de Zé Gabriel.

O empate levou a Raposa aos 14 pontos, permanecendo na oitava posição. Já o Vasco, que foi aos sete pontos, segue fora da zona de rebaixamento, mas caiu um posto e agora está na 15ª posição. Confira a classificação completa!

Os times voltam a campo na quarta-feira (19) pela 10ª rodada do Brasileirão. O Vasco visita o Juventude, em Caxias do Sul, enquanto o Cruzeiro recebe o Fluminense em Belo Horizonte. Veja!

Leia também

A falta dos “camisas 10”

Sem as referências técnicas de Payet e Matheus Pereira, Vasco e Cruzeiro mostraram dificuldades na construção das jogadas. Com a partida concentrada no meio de campo, o primeiro tempo foi de poucas emoções e apenas duas finalizações certas para cada lado.

Cruzeiro ligeiramente melhor

Levando com William e Marlon e encaixando alguns desarmes no campo ofensivo, o Cruzeiro foi levemente superior e criou as primeiras chances em São Januário.

Aos 17 e aos 29, Robert e Lucas Silva arriscaram de fora da área, mas Léo Jardim defendeu. O Cruzeiro ainda levou perigo aos 38, com Robert lançado em velocidade, mas o goleiro saiu bem.

Já Anderson foi exigido aos 31 e aos 36. Primeiro, Victor Luís finalizou com força de fora da área após ataque em velocidade. Depois, Vegetti cabeceou sem força após cobrança de falta.

Vasco volta com outra postura

A única mudança para a etapa final foi a entrada de Arthur Viana no lugar do lesionado Rafa Silva, mas foi a mudança de postura do time de Álvaro Pacheco que fez o jogo melhorar.

Mais agressivo na marcação e com a posse de bola, o Vasco chegou com perigo três vezes antes do 10 minutos, mas não concluiu bem os lances.

Já o Cruzeiro passou a ter espaço para contra-atacar. Arthur Viana foi quem levou o time ao ataque na maior parte das vezes, mas as finalizações também não foram boas.

Defesaça de Anderson!

A grande chance do jogo foi do Vasco, aos 31. Após cobrança de escanteio, a bola ficou viva dentro da área e Zé Gabriel finalizou. Anderson, em grande defesa, impediu o gol do Vasco!

Álvaro Pacheco, em busca de sua primeira vitória no comando do Cruzmaltino, lançou o time ao ataque com a entrada de Serginho, por exemplo, mas a defesa do Cruzeiro levou a melhor e segurou o empate.

Vasco 0 x 0 Cruzeiro

Vasco

Léo Jardim; Paulo Henrique (Puma Rodríguez), Maicon, Léo Pelé e Victor Luís; Zé Gabriel, Galdames (Mateus Carvalho) e JP (Serginho); Adson (Clayton), Rossi (David) e Vegetti - Técnico: Álvaro Pacheco.

Cruzeiro

Anderson; William, Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon; Lucas Romero (Japa), Lucas Silva (Vitinho) e Ramiro; Gabriel Veron (João Pedro), Robert (Wesley Gasolina) e Rafa Silva (Arthur Viana) - Técnico: Fernando Seabra.

Cartão amarelo: Vegetti, David (VAS); Romero, Arthur Viana, Ramiro, William (CRU)

Renda e público: R$ 550.600,00 / 10.998 pagantes / 11.275 presentes

Motivo: 9ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Data e horário: domingo, 16 de junho de 2024, às 18h30 (de Brasília)

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro-RJ

Arbitragem: Rafael Rodrigo Klein (RS)

Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

VAR: Rafael Traci (SC)


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Matheus Muratori é jornalista multimídia com experiência em muitas editorias, mas ama a área esportiva. Faz cobertura de futebol, basquete, vôlei, esportes americanos, olímpicos e e-sports. Tem experiência em jornal impresso, portais de notícias, blogs, redes sociais, vídeos e podcasts.
Leia mais