Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Bahia vence os reservas do Fluminense e se afasta do Z4 do Campeonato Brasileiro

Tricolor de Aço aproveitou o confronto com os cariocas focados na final da Copa Libertadores, e venceu por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, nesta terça (31)

O Bahia venceu os reservas do Fluminense, nesta terça-feira (31), na Arena Fonte Nova e respirou na luta contra o rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro. Com o Flu melhor na primeira etapa, o Tricolor de Aço aproveitou a única chance que teve e marcou com Everaldo, que garantiu o 1 a 0 e os três pontos.

Com a vitória, o Bahia chega aos 37 pontos e abre, por ora, boa vantagem da zona de rebaixamento. o Flu fica com 45 pontos e começa a ver o G6 cada vez mais longe. A final da Copa Libertadores no sábado (4), é o jogo da história dos cariocas e o título carimba a vaga na próxima edição. Pela Série A, está cada vez mais difícil.

Fluminense domina primeira etapa

Mesmo com um time todo reserva, o Fluminense foi dominante durante toda a primeira etapa. Com Leo Fernández e Lelê, o Tricolor ficou próximo de abrir o marcador em duas oportunidades, carimbando a trave de Marcos Felipe. Com um Bahia acuado, o Flu gostou do jogo e deixou a torcida apreensiva na Arena Fonte Nova.

Por se tratar de um time pouco entrosado e com jogadores com pouca sequência, o Fluminense teve problemas para acertar o último passe, o que foi fatal para o time não conseguir um melhor resultado nos primeiros 45 minutos.

Everaldo marca

Completamente dominado, o Bahia na única jogada que acertou na primeira etapa conseguiu abrir o marcador contra o desentrosado Fluminense. Camilo Cândido escapou bem pela esquerda e cruzou na medida para o matador Everaldo colocar o Bahia em vantagem na Fonte Nova.

O gol marcado pelo Tricolor de Aço, soltou o grito entalado na garganta da torcida que lotou o estádio e estava apreensiva com a atuação ruim dos comandados de Rogério Ceni. Os baianos conseguiram ir para o intervalo com o 1 a 0, injusto naquele momento, no marcador.

Segundo tempo sem emoções

Mesmo não fazendo um grande jogo, o Bahia soube aproveitar a vantagem construída na primeira etapa para só administrar o segundo tempo diante dos reservas do Fluminense. O que se viu na etapa final, foi um jogo com poucas emoções e quase nenhuma chance clara de gol. Melhor para os baianos, que venceram e respiraram.

Visitante adorável

Se existe aquele visitante incômodo, o Fluminense é um dos mais adoráveis para seu rival. A equipe chegou ao 12º jogo sem conquistar uma vitória longe do Rio de Janeiro. Além disso, são 11 derrotas, sendo dez nessa sequência sem vitórias. A última vez que o Flu venceu fora de casa foi em maio, diante do Cruzeiro, por 2 a 0, na 5ª rodada do Brasileiro. Ao todo, são duas vitórias e dois empates em 15 jogos.

Bahia se recupera

Depois de duas derrotas consecutivas que fizeram a equipe estacionar na luta contra o rebaixamento, o Bahia voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Com um jogo a mais que o Goiás, hoje o primeiro time na zona de rebaixamento, o Tricolor de Aço abre cinco pontos de vantagem para os rivais, faltando sete jogos para disputar.

O jogo da história!

O próximo confronto do Fluminense é o jogo mais importante de sua história. No sábado (4), às 17h (de Brasília), no Maracanã, a equipe encara o Boca Juniors-ARG, pela final da Copa Libertadores. Será o Flu representando o Brasil com o sonho da sua primeira taça continental. No Brasileiro, volta a campo no dia 8, diante do Internacional, no Beira-Rio.

Mais um duelo tricolor

Depois de enfrentar o Fluminense, o Bahia joga fora de casa contra outro tricolor. O rival será no sábado (4), mesmo dia que o Flu joga a final da Libertadores, diante do Grêmio, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, às 19h30 (de Brasília), pelo Brasileirão.

Bahia 1x0 Fluminense

Bahia

Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo e Camilo Cândido; Rezende, Yago Felipe (Léo Cittadini), Thaciano (Luciano Juba) e Cauly (Diego Rosa); Biel (Ademir) e Everaldo (Vinícius Mingotti). Técnico: Rogério Ceni.

Fluminense

Vitor Eudes; Guga, David Braz, Thiago Santos e Felipe Andrade (Arthur); Alexsander (Rafael Monteiro), Daniel, Giovanni (Isaac) e Leo Fernández; Yoni González e Lelê (João Neto). Técnico: Eduardo Barros.

Gols: Everaldo (38 min 1ºT) para o Bahia
Cartões amarelos: Gilberto e Kanu (BAH); Thiago Santos, Leo Fernández e David Braz (FLU)
Cartão Vermelho: Nenhum
Renda e público:
R$ 993.789,00/34.319 presentes
Data e horário:
terça-feira, 31 de outubro de 2023, às 19h (de Brasília)
Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Motivo: Jogo válido pela 31ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Árbitro: Edina Alves Batista (Fifa-SP)
Auxiliares: Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa-SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais