Ouvindo...

Times

Apresentado no América, Kléberson detalha função e revela inspiração em ex-técnico

Pentacampeão do mundo em 2002 foi anunciado nos últimos dias, já assistiu partidas e participou de treinamento no CT Lanna Drumond

Pentacampeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002, Kléberson Pereira foi apresentado nesta segunda-feira (24) como novo diretor técnico do América. Aos 44 anos, o ex-meia chega a Belo Horizonte após 11 anos como jogador e depois assistente no New York City, dos Estados Unidos.

Leia também

“Chego bem entusiasmado e confiante para exercer essa função com jogadores e diretoria. Acho que minha visão vai ser muito importante para o crescimento do clube. Temos uma expectativa muito boa para colher belos frutos no futuro”, destacou o ex-jogador na coletiva de apresentação.

Kléberson esteve no estádio Independência e acompanhou de perto a vitória do Coelho sobre o CRB no dia 15 de junho, pouco depois de ser anunciado pelo clube. O ex-jogador vem participando dos treinamentos no CT Lanna Drumond e também marcou presença em partida da equipe Sub-20, que considerou fundamental para o futuro americano.

Desde que se aposentou, Kléberson como assistente técnico do New York City-EUA e também conseguiu as licenças Pro CBF; Pro Conmebol e Senior US Soccer. Em meio aos estudos para seguir nova carreira no futebol, o ex-jogador revelou a inspiração em Sir Alex Ferguson, que o treinou no Manchester United-ING e foi exaltado como “grande gestor”.

“Sempre digo que a maior experiência que a pessoa pode ter é convivência. Tive a oportunidade de trabalhar com um grande gestor no futebol, que é o Sir Alex Ferguson, que é um manager que organiza todas as partes do clube, tem todo carinho com jogadores, funcionários, comissão. Isso me deu uma visão muito boa, e no período de 11 anos nos EUA, também tive uma boa bagagem na gestão. Na gestão, é você compreender as pessoas, tirar o melhor delas e capacitá-las a chegar no lugar que às vezes eles não almejam”, completou o novo diretor técnico do América.

Kléberson frisou ainda que dará “um olhar diferente” ao clube, desde ações com as categorias de base até movimentos no mercado da bola. Atuando lado a lado com jogadores, comissão técnica e diretoria, o ex-jogador deu destaque à ambição do América não só pelo retorno à Série A, mas também pela disputa de competições internacionais no futuro.

Atualmente, o Coelho é líder da Série B e tem confronto direto nesta terça-feira (25) para manter a ponta da tabela. Às 19h (de Brasília), a equipe americana recebe o vice-líder Avaí, no Independência, pela 12ª rodada da competição.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista formado na PUC Minas. Experiência com reportagens, apresentação e edição de texto em televisão, rádio e web. Vivência em editorias de Cidades e Esportes.
Leia mais