Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

John Textor é ouvido em CPI e entregará evidências; saiba mais

O proprietário da SAF do Botafogo apresentará, em sessão secreta com os senadores, as evidências que afirma ter sobre manipulação de resultados no futebol brasileiro

John Textor, proprietário da SAF do Botafogo, prestou depoimento nesta segunda-feira (22), em Brasília, na CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas (CPIMJAE). O dirigente foi convidado devido às declarações dadas desde novembro de 2023, nas quais apontou manipulação de resultados no futebol brasileiro e afirmou ter evidências, inclusive já as entregou à Policia Civil.

Em sua explanação inicial, antes de ser questionado pelos senadores, o empresário norte-americano reforçou que as evidências que afirma ter - e o fizeram ser chamado a depor - mostram “como os jogos são manipulados, e não o por quê.” Textor explicou que, para preservar os envolvidos, apresentará as evidências em sessão secreta com os senadores.

John Textor é o proprietário da Eagle Holding Football, que adquiriu a SAF do Botafogo em 2022 e tem outros clubes ao redor do mundo, como o Crystal Palace, da Inglaterra, o Lyon, da França, e o Molenbeek, da Bélgica. Em sua oitiva, o empresário reforça que a manipulação de resultados é um problema global.

“Eu penso que, se puder provar, que os jogos de 2022 e 2023 foram manipulados, que isso, junto com outras evidências, possa fazer com que as autoridades possam tomar ações. Não estou aqui esperando receber um troféu ou parabéns, mas descobrimos que aqui não é diferente do resto do mundo. Em toda Europa, a manipulação de resultados é uma realidade e que devemos deixar nossa paixão de lado. Temos uma grande oportunidade, pois a tecnologia nos permite hoje”, continuou Textor.

A manipulação é truque de mágica. Nós todos estamos olhando para a bola, mas no momento chave, quando o jogador chuta, não é ali o truque. É uma atitude diferente, um desânimo quando você deveria estar entregando tudo. A manipulação de resultados acontece em cada milissegundo. Agora temos a capacidade de revelar essa manipulação de resultados. A tecnologia é capaz de avaliar o que é feito dentro do campo e se ocorre ou não manipulação de resultado”, afirmou.

Leia também

Os senadores Jorge Kajuru (PSB) e Romário (PL) são os presidente e relator da CPIMJAE e coordenam o depoimento de John Textor em Brasília. Antes de abrir as perguntas, ambos confirmaram que as evidências serão apresentadas por Textor nesta segunda-feira (22).

“A sessão secreta acontecerá hoje, ao final dos trabalhos, e receberemos tudo o que o senhor John Textor acaba de dizer que tem em mãos”, afirmou Jorge Kajuru, Senador e presidante da CPI.

“Muitos duvidaram e disseram que o senhor não teria provas. Muitos o chamaram de fanfarrão. Acredito que, com a sua capacidade, será de grande relevância para a CPI, para o nosso futebol e para o nosso país”, completou Romário, senador e relator da CPI.

Relembre as denúncias de John Textor

O empresário norte-americano assumiu o comando da SAF do Botafogo em 2022. Na última temporada, após o término do Campeonato Brasileiro, o dirigente denunciou a atuação da arbitragem e, baseado em relatório da Good Game!, publicou que o Palmeiras - que conquistou a Série A em 2023 - foi beneficiado.

Nos últimos meses, Textor trouxe à tona denúncias de manipulação de resultados envolvendo árbitros e jogadores, como divulgado pelo próprio empresário - relembre aqui. O dirigente afirma que é capaz de provar que houve manipulação e citou jogos de Palmeiras, São Paulo e Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro.

Na última quarta, Textor uma longa declaração a respeito das denúncias. O empresário norte-americano, proprietário da SAF alvinegra, explicou as evidências que apresentou à Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta quarta (3), fez críticas ao STJD e reforçou que não acusou clubes como Palmeiras e São Paulo. Leia na íntegra.


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais