Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Quais são os times mais odiados do Brasil? Veja respostas em 10 estádios da Série A

Itatiaia entrevistou 36 torcedores de diversos clubes do Brasil para saber quais são os três times mais odiados do país

O futebol é movido por rivalidades. No Brasil, elas são regionais e nacionais. Às vésperas do início da Série A do Brasileirão, a Itatiaia visitou dez estádios para saber quais são os três times mais odiados nacionalmente.

A reportagem entrevistou 36 torcedores de diversas regiões. E o resultado? O Flamengo foi apontado como o clube mais odiado do Brasil, com 23 votos. O Rubro-Negro é seguido por Corinthians, com 19 citações, e Palmeiras, com 15. Dos mineiros, o Atlético foi citado cinco vezes, enquanto o Cruzeiro apareceu em quatro oportunidades.

Veja os times mais odiados do país

  • Flamengo: 23
  • Corinthians: 19
  • Palmeiras: 15
  • Vasco: 8
  • São Paulo: 6
  • Grêmio: 6
  • Atlético: 5
  • Fluminense: 5
  • Cruzeiro: 4
  • Ceará: 3
  • Internacional: 3
  • Vitória: 3
  • Sport: 3
  • Santos: 2
  • Botafogo: 1
  • América-RJ: 1
  • Figueirense: 1

Pesquisa

A Itatiaia entrevistou torcedores de Atlético, Cruzeiro, Grêmio, Internacional, Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Corinthians, São Paulo, Bahia e Fortaleza. Os estádios visitados foram a Arena MRV e o Mineirão, em Belo Horizonte; o Beira Rio e a Arena do Grêmio, em Porto Alegre; o Maracanã, o Nilton Santos e São Januário, no Rio de Janeiro; a Fonte Nova, em Salvador; a Neo Química Arena e o Morumbi, em São Paulo; e o Castelão, em Fortaleza.

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Jornalista pela PUC Minas, Pedro Leite é repórter de esportes da Itatiaia. Tem experiência na cobertura diária de portais, redes sociais e jornal impresso. Apaixonado por futebol, já passou pelo Superesportes.
Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Henrique André é repórter multimídia e setorista do Atlético na Itatiaia. Acumula passagens por Uol Esporte, Jornal Hoje em Dia e outros veículos. Participou da cobertura de grandes eventos, como Copas do Mundo (2014-18) e Olimpíada (2016-2021).
Gaúcha de Porto Alegre, Mauri Dorneles é formada em Jornalismo pela PUC-RS e trabalha como correspondente do portal Itatiaia Esporte no Sul do Brasil. Também cursou Cinema. Antes da Itatiaia, passou por Correio do Povo, Record RS, Rádio Grenal, RBS TV e Band.
Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Chefe de reportagem do esporte digital da Itatiaia desde março de 2023. Jornalista multimídia, com especialização em jornalismo digital, foi repórter do jornal Estado de Minas e do Superesportes por 10 anos.
Leia mais