Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Ganha muito? Árbitro responde quanto recebe para apitar jogo da Série A

Marcelo de Lima Henrique, árbitro da CBF, revelou receber R$ 7 mil por jogo da Série A apitado

Árbitro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marcelo de Lima Henrique revelou quanto recebe para apitar uma partida válida pela Série A do Campeonato Brasileiro. Durante entrevista ao canal ‘Mundo GV’, na última quinta-feira (15), o juiz disse ganhar R$ 7 mil por jogo. Já em confrontos da Copa do Brasil, a quantia varia a depender da importância do duelo.

“Cada competição tem seu valor. Série A é um valor X. O árbitro FIFA e o Master têm um valor. O árbitro ganha R$ 7 mil por jogo, o FIFA, que são dez, e o Master. Eu acho que Master só tem eu. Na Série A são R$ 7 mil. E nisso desconta toda a carga tributária brasileira. Você volta para casa com cinco cruzeiros. Paga o massagista, o cara que dá o café…”, contou Marcelo de Lima Henrique, em tom de brincadeira.

“Copa do Brasil, a primeira fase é uma tabela. Por que? Porque joga o time de Rondônia contra o time do Acre. A gente sabe que o futebol do Norte, do Nordeste, é muito difícil. Então, a taxa de uma Copa do Brasil é menor, a segunda fase vai subindo. Esse ano, a final foi R$ 15 mil. E não tem salário. O árbitro errou, fica punido. Fica meses sem ganhar nada”, finalizou o juiz.

Um dos árbitros mais renomados do país, Marcelo de Lima Henrique apita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). Entre 2008 e 2014, ele esteve no quadro de profissionais da FIFA. Durante o período, chegou a atuar em jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista pela PUC Minas, Pedro Leite é repórter de esportes da Itatiaia. Tem experiência na cobertura diária de portais, redes sociais e jornal impresso. Apaixonado por futebol, já passou pelo Superesportes.
Leia mais