Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

No adeus, Suárez marca duas vezes, e o Grêmio vence o Fluminense no Maracanã

Vitória por 3 a 2, na noite desta quarta-feira (6), garantiu o vice-campeonato do Brasileirão para o Tricolor gaúcho

Fluminense 2 x 3 Grêmio

Delmiro Junior/Photo Premium/Gazeta Press

Delmiro Junior/Photo Premium/Gazeta Press

Não poderia ser mais emblemática a despedida de Luis Suárez do Grêmio. No último jogo com a camisa do Tricolor gaúcho, o astro uruguaio marcou os primeiros gols da carreira no Maracanã - o segundo de pênalti, de cavadinha, um golaço. Atuação que contribuiu diretamente para a vitória gremista, por 3 a 2, diante do Fluminense, na noite desta quarta-feira (6), na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Para celebrar a noite memorável de Suárez, com os tropeços do Atlético e do Flamengo, de quebra, o Grêmio terminou o Campeonato Brasileiro como vice-campeão. Ainda marcou para a equipe gaúcha o atacante Galdino. Arias e John Kennedy marcaram para o Fluminense.

Como ficou a classificação final

Com o resultado, o Grêmio finalizou o Brasileirão com 68 pontos, dois a menos que o campeão Palmeiras, e dois à frente do Atlético e do Flamengo. O Fluminense, atual campeão da Libertadores, concluiu o nacional na sétima posição, com 56 pontos.

Primeiro tempo movimentado

Fluminense e Grêmio fizeram um primeiro tempo intenso: boas chances criadas, desperdiçadas, boas defesas e o mais importante: gols. Com uma reta final letal, a etapa inicial terminou com vitória da equipe gaúcha.

O Grêmio começou o jogo melhor. Aos 13 e 17, Fábio salvou em boas finalizações de Suárez e Pepê, respectivamente. O Fluminense respondeu também em dose dupla, aos 21 e 26, com voleio de Marcelo e chutaço de Cano, respectivamente, com extremo perigo.

A equipe carioca abriria o placar logo a seguir, aos 31 minutos, após Rodrigo Ely fazer o corte com o braço dentro da área. Pênalti que Arias converteu. A reação gremista foi avassaladora. Aos 42, passe em profundidade de Villasanti para Suárez. O uruguaio disparou em velocidade, driblou Fábio e fez: 1 a 1. Dois minutos depois, a virada, com chute colocado de Galdino.

Segundo tempo

No primeiro lance do segundo tempo, quase o terceiro do Grêmio. Passe de Ferreira para Pepê bater colocado, para fora, com muito perigo. Aos 15, Ferreira foi derrubado na área por Guga. Penalidade que Suárez bateu e, de cavadinha, ampliou: 3 a 1

Aos 21, John Kennedy soltou uma bomba para grande defesa de Caíque. No rebote, Cano, sozinho, cabeceia para fora. Aos 35, mais um golaço no jogo. Desta vez, com John Kennedy, que deixou três para trás, entrou na área e fuzilou para diminuir o placar. O Flu pressionou até o final, mas não evitou o revés no último jogo antes do Mundial.

Fluminense 2 x 3 Grêmio

Fluminense
Fábio; Guga (Yony González), Nino (Thiago Santos), Felipe Melo (John Kennedy), Marcelo (Diogo Barbosa); André, Martinelli, Ganso (Lima); Keno, Arias e Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Grêmio
Caíque; João Pedro, Rodrigo Ely, Kannemann e Reinaldo; Villasanti, Pepê (Ronald) e Felipe; Ferreira, Galdino (Nathan Fernandes) e Suárez (João Pedro Galvão). Técnico: Renato Gaúcho.

Gols
Arias (33min1T), para o Fluminense; Suárez (42min1T e 17min2T), Galdino (44min1T) e John Kennedy (34min2T), para o Grêmio.

Cartões amarelos
Nino, André, John Kennedy, para o Fluminense; Rodrigo Ely, Reinaldo, Kannemann, para o Grêmio.

Motivo: Jogo válido pela 38ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data e horário: 6 de dezembro de 2023 (quarta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Manis (Fifa-SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
Árbitro de vídeo: Julio Cláudio Rocha Filho (Fifa-SP)

Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais