Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Pequeno Gui e família são assaltados na saída de São Januário

Em comunicado publicado no Instagram, a mãe do garoto afirmou que os assaltantes estavam armados e levaram celulares, relógios e alianças

Pequeno Gui

Pequeno Gui e a mãe foram assaltados na saída de São Januário

Reprodução/ Instagram

O torcedor-símbolo do Vasco Guilherme Gandra, o pequeno Gui, foi assaltado enquanto deixava o Estádio São Januário, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (6), após a partida entre Vasco e Bragantino.

Em comunicado publicado no Instagram, a mãe do garoto afirmou que os assaltantes estavam armados e levaram celulares, relógios e alianças. “Colocaram o revólver na nossa cara, não respeitaram o Gui no carro, uma criança”, disse Tayane Gandra.

A mãe do menino relatou que houve “muito terror psicológico”. Gandra, no entanto, não revelou se registrou Boletim de Ocorrência, nem se alguém se feriu durante o assalto.

Pequeno Gui assaltado

Mãe do pequeno Gui emitiu comunicado afirmando que foram assaltados no Rio de Janeiro

Reprodução/ Instagram

Torcedor-símbolo do Vasco

Pequeno Gui, de 8 anos, é portador de epidermólise bolhosa, uma doença genética rara, responsável por provocar bolhas na pele por causa de atritos e traumas. Ele viralizou nas redes com um vídeo reencontrando a mãe após ficar cerca de duas semanas em coma devido a uma pneumonia.

A família da criança acabou revelando que ele é um admirador do futebol e torcedor fanático do Vasco. Desde então, ele tem conhecido jogadores do clube carioca e de outros times.

Vasco escapou da Série B

Na última partida do Campeonato Brasileiro, o Vasco venceu o Bragantino por 2 a 1 em São Januário e acabou escapando do rebaixamento. Paulinho e Serginho fizeram os gols do Cruzmaltino, enquanto Léo Ortiz descontou para o Bragantino.

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais