Ouvindo...

Times

Marlene Mattos pediu médico para ver exame ginecológico de Xuxa: ‘a gente era um casal sem sexo’

Episódio de documentário marca o encontro entre a apresentadora e a diretora

Marlene Mattos, ex-empresária de Xuxa Meneghel, negou que tenha tido um relacionamento amoroso com a apresentadora e relembrou o momento que pediu ao médico para ver o exame ginecológico dela. As informações são da própria diretora durante o episódio “Encontros e despedidas” de “Xuxa, O Documentário” divulgado na noite dessa quinta-feira (3). O episódio marca o encontro da dupla após cerca de 19 anos.

“Eu sempre tive muito respeito pela Marlene, coisa que muitas vezes ela não teve por mim. Eu sempre tive muito carinho, ela sabe disso. Meu carinho, meu amor por ela foi muito grande. As pessoas até achavam que a gente era um casal”, relembra Xuxa. “Nós eramos um casal, mas sem sexo”, afirma Marlene.

“Ela não deixava ninguém chegar perto de mim e teve um momento que eu falei para ela: quer ou não quer? Todo mundo achava que nós éramos um caso”, comenta Xuxa.

Durante a conversa, Marlene recorda que fez um pedido para o médico da apresentadora. “Eu lembro que ela foi fazer um exame ginecológico e eu falei para o médico: ‘Deixa eu ver aí?’”, diz a diretora aos risos. “Eu falei: não, não, não. Todo mundo vai achar que somos um casal. E ela viu meu exame ginecológico”, acrescenta Xuxa.

“Eu falei: tá tudo bem? E o médico ficou olhando”, acrescenta Marlene, que continua rindo. “Ela realmente me conhece internamente dessa maneira, porque ela me viu no ginecologista. Todo mundo achava que a gente teve um caso, mas realmente eu tive muito amor por ela. Você sabe disso. Sempre deixei claro”, pontua a apresentadora.

Xuxa revela se arrepender de coisas que fez no passado. “Acho que esse amor atrapalhou muito, porque eu fiquei muito cega. Então eu ouvia e via coisas que aguentava e dizia: tudo bem. Aguentava pelo amor e respeito que tinha por ela. Eu achava que ela cuidava bem de mim, mas depois entendi que cuidar não era o suficiente, porque ela cuidava do trabalho dela e não de mim”, afirma.

“Meu trabalho era você [...] O que você queria você tinha. Eu trabalhava para dar aquilo que você queria. O melhor pra você”, justifica Marlene. “Não era o que eu queria. Era o que seu trabalho queria”, acrescenta Xuxa.

No decorrer da conversa, a apresentadora afirma que foi mantida em “cárcere privado” por Marlene em hotéis. A diretora trancava a porta do quarto, levava a chave e colocava um segurança de vigia na porta. O último episódio do documentário vai ao ar às 18h da próxima quinta-feira (17) no Globoplay.

Patrícia Marques é jornalista e especialista em publicidade e marketing. Já atuou com cobertura de reality shows no ‘NaTelinha’ e na agência de notícias da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). Atualmente, cobre a editoria de entretenimento na Itatiaia.
Leia mais