Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Lula se encontra com príncipe saudita em busca de recursos para o PAC; saiba quem integra a comitiva

Jantar está marcado para esta quarta-feira (28)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai se reunir pela segunda vez, nesta terça-feira (28), com o príncipe saudita, Mohamed Bin Salman. O herdeiro ficou famoso no Brasil depois de ter dado jóias ao ex-presidente, Jair Bolsonaro (PL), e à ex-primeira-dama, Michelle Bolsonaro (PL). O casal foi acusado de vender indevidamente os presentes.

O primeiro encontro de Lula com o saudita foi no início de setembro, durante a Cúpula do G-20, na Índia. Segundo o Palácio do Itamaraty, o brasileiro não recebeu nenhum presente da família real. O petista passará a terça e a quarta (29) em Riade, capital da Arábia Saudita, onde se encontrará também com empresários. O principal objetivo é a buscar investimentos para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Déficit zero

Uma delegação de investidores e autoridades do país esteve recentemente no Brasil para conhecer a carteira de projetos do novo PAC. O Brasil conta com investimentos estrangeiros para tentar cumprir a ousada meta de déficit zero para 2024, sem fazer cortes em programas considerados essenciais. Os representantes sauditas também desejam ampliar investimentos na área de petróleo e nas fontes verdes.

O governo acredita que o crescimento dos investimentos será importante no processo de transição para uma economia mais sustentável, com destaque para setores de alta tecnologia, como o desenvolvimento de motores híbridos e, também, hidrogênio verde. As relações comerciais entre os dois países estão em uma fase crescente. Em 2022, o volume comercializado chegou a US$ 8,2 bilhões e, até outubro deste ano, ultrapassou os US$ 5 bilhões.

Agenda

Lula deve chegar à Arábia Saudita nesta terça (28), às 11 horas da manhã, e, depois, participará de uma cerimônia de recepção no Palácio Real, seguida de um jantar rápido, que deve terminar às 20h30. Na quarta (29), às 10 horas, será realizada a Mesa Redonda Brasil-Arábia Saudita, organizada pelo Ministério do Investimento local. O encerramento será ao meio-dia com os discursos do presidente Lula, do Ministro do Investimento Saudita e do presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX), Jorge Viana.

Comitiva

Integram a comitiva brasileira à Arábia Saudita e Catar os ministros Fernando Haddad (Fazenda), Rui Costa (Casa Civil), Alexandre Silveira (Minas e Energia) e Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos). O presidente da Petrobrás, Jean Paul Prates, o presidente da APEX, Jorge Viana, e o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, também fazem parte do grupo. Além deles, o presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e o senador Carlos Fávaro (PSD-MT), estão na comitiva.

De Ríade, Lula segue para Doha, no Catar, onde, às 14h30 de quarta (29), participa de um Seminário da Embraer para apresentação de aeronaves brasileiras aos estrangeiros. Em seguida, o presidente embarca para a COP 28, nos Emirados Árabes. Lula permanece em Dubai do dia 30 de novembro ao dia três de dezembro. Nos dias quatro e cinco, ele estará na Alemanha e nos dias seis e sete conduz a Cúpula do Mercosul no Rio de Janeiro.

Edilene Lopes é jornalista, repórter e colunista de política da Itatiaia e podcaster no “Abrindo o Jogo”. Mestre em ciência política pela UFMG e também diplomada em jornalismo digital pelo Centro Tecnológico de Monterrey (México). Na Itatiaia desde 2006, já foi apresentadora e registra no currículo grandes coberturas nacionais, internacionais e exclusivas com autoridades, incluindo vários presidentes da República. Premiada, em 2016 foi eleita, pelo Troféu Mulher Imprensa, a melhor repórter de rádio do Brasil.
Leia mais