Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Fluminense encaminha a venda de Nino para o Nottingham Forest-ING

Zagueiro recusou ofertas de renovação no início da temporada, de olho em transferência para o exterior; Ele se apresenta em janeiro na Inglaterra

Nino é o capitão do Fluminense e levantou a Copa Libertadores

Nino é o capitão do Fluminense e levantou a Copa Libertadores

Marcelo Gonçalves/FFC

O Fluminense encaminhou, na semana que antecedeu a final da Copa Libertadores, a venda de Nino para o Nottingham Forest-ING. Ficou acordado que o zagueiro fica no clube até o final da temporada, pois o Tricolor vai jogar o Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro. Por isso, o capitão segue com o elenco para a disputa do torneio e viaja para Inglaterra após as festas de fim de ano.

Os ingleses irão investir aproximadamente 7 milhões de euros (R$ 36,7 milhões) pela contratação do zagueiro. O Tricolor fica com 60% do valor que tem direito (cerca de R$ 22 milhões), e o Criciúma, ex-clube do defensor, R$ 14,68 milhões pelos seus 40%. O contrato ainda possui bônus em caso de metas atingidas, entre elas jogos pela Seleção Brasileira.

A informação da negociação do defensor com os ingleses foi noticiada primeiramente pelo Uol, e confirmada pela reportagem da Itatiaia. Nino, inclusive, já tinha afirmado no início do ano que tinha interesse em se transferir para o futebol europeu, por isso rejeitou duas ofertas de extensão de seu contrato, que iria até o final de 2024.

Porém, mesmo querendo se aventurar no Velho Continente, o jogador e seu staff haviam prometido ao Tricolor que ele ficaria até o fim da temporada, uma vez que o clube estava envolvido nas fases decisivas da Copa Libertadores. O caso dele se assemelha ao de André, que a diretoria prometeu aceitar ofertas até o final do torneio continental.

“Fiquei sabendo também na véspera do interesse. O meu empresário já sabia que meu foco estava na recuperação, em poder jogar esse jogo 100%. Consegui, graças a Deus. Me reuni com eles agora pela manhã, eles me passaram todas as situações possíveis, não tem nada certo ainda, o que tem certo é o que eu sempre falei, que eu tenho um carinho muito grande pelo Fluminense, sou muito feliz aqui”, disse Nino à TV Globo.

Aos 26 anos, Nino entrou para a história do Fluminense ao ser o capitão da inédita conquista da Copa Libertadores, no último sábado (4), no Maracanã, diante do Boca Juniors-ARG. Por enquanto, o camisa 33 soma 237 jogos pelo clube, desde 2020. Foram 13 gols marcados e sete assistências. Pelo Flu, Nino chegou na Seleção Brasileira e foi convocado novamente nesta segunda-feira (6).

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais