Ouça a rádio

Compartilhe

'Crie o Impossível' reúne milhares de estudantes em evento com Boca Rosa e Gustavo Tubarão 

Estudantes do ensino médio participam da maior aula aberta do país no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, ou de forma virtual 

Cerca de 10 mil estudantes acompanham evento no estádio Beira Rio, em Porto Alegre

A empresária Bianca Andrade, a Boca Rosa, o influenciador digital Gustavo Tubarão e o ex-jogador Tinga são alguns dos convidados do “Crie o Impossível”, realizado nesta sexta-feira (3), para incentivar estudantes do ensino médio de escolas públicas a investirem no seu potencial. 

Após duas edições no Mineirão, em Belo Horizonte, neste ano o evento está sendo realizado no estádio Beira Rio, em Porto Alegre, onde estão reunidos 10 mil estudantes. A aula também está sendo transmitida para demais alunos do país de forma remota. 

No decorrer da maior aula aberta do país, haverá palestras e histórias inspiradoras de superação. O “Crie o Impossível” é realizado pela Embaixadores da Educação, uma organização sem fins lucrativos. Durante o evento, a entidade irá incentivar os jovens a participarem da “Jornada em Power”, em que os alunos identificam e criam soluções para problemas de suas escolas e comunidades. 

Os melhores projetos são premiados. Neste ano, vão ser mais de R$ 10 milhões em bolsas de estudo integrais para, por exemplo, curso de inglês, intercâmbio e faculdade. 

Estudante de Contagem ganha 100% de bolsa em faculdade

Gabriela Rezende conseguiu 100% de bolsa em medicina veterinária na Faculdade Arnaldo após participar em 2020 do “Crie o Impossível” e o “Em Power”. Ela foi selecionada após apresentar uma solução para um problema na escola onde estudava, a unidade da Funec, Fundação de Contagem, no bairro Oitis. 

“Os alunos entraram no consenso que o maior problema da escola no momento era a demora para montar o datashow para ter aula com slide. Tanto porque o datashow estava faltando algum cabo ou porque o professor não sabia montar. Depois de pensar muito, nós tivemos a ideia de montar um carrinho onde o datashow já ficasse pronto e que ele pudesse se movimentar entre as salas”, contou à Itatiaia

“Conseguimos concluir o nosso protótipo do carrinho e obtivemos mais doações para montar outros carrinhos. Depois de algum tempo, eles me falaram que eu consegui conquistar a minha bolsa de 100%  para cursar medicina veterinária, que meu projeto tinha sido escolhido”, acrescentou.

Com informações de Matheus Oliveira


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido