Ouvindo...

Times

Chuva: qual a diferença entre os alertas vermelho, laranja e amarelo do Inmet?

Gravidade da situação meteorológica é classificada pelo órgão por cores, que indicam o nível de perigo que a população da região está correndo

Belo Horizonte e centenas de cidades de Minas Gerais estão em alerta amarelo para chuvas intensas, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O órgão federal é responsável por produzir informações meteorológicas sobre o Brasil, usadas para monitoramento, desenvolvimento de políticas e muitos outros fins.

Assim como os alertas de calor, cada cor dos alertas de chuvas intensas tem significados diferentes, evidenciando o tamanho do risco corrido por quem mora na região. Confira abaixo qual o significado das cores amarela, laranja e vermelha nos alertas de chuva do Inmet.

Alerta amarelo

Esse é o alerta emitido nos casos de “perigo potencial” ou “risco moderado”, ou seja, uma situação meteorológica que pode se tornar perigosa.

Quando uma cidade é incluída no alerta amarelo, ela pode registrar chuvas com intensidade entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia, além de ventos de 40km/h a 60km/h. O alerta amarelo também inclui baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Alerta laranja

Este alerta é emitido em casos de “perigo” ou “risco alto”, quando a situação meteorológica já é perigosa. As cidades em alerta vermelho podem ter chuvas com volume entre 30 e 60 milímetros hora ou de 50 a 100 milímetros por dia. Os ventos são intensos, com velocidades entre 60 km/h e 100 km/h. O risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas é consideravelmente maior.

Alerta vermelho

Este é o alerta emitido nos casos de “grande perigo” ou “risco muito alto”, com volume de chuva superior a 60 milímetros por hora ou 100 milímetros por dia. O risco de alagamentos e transbordamentos de rios é grande, assim como a possibilidade de deslizamentos de encostas.

O Inmet recomenda que a população se mantenha atenta e preparada nos casos de alerta vermelho, e tome algumas precauções, como tirar aparelhos da tomada, observar alterações em encostas e acionar a Defesa Civil (199) ou Bombeiros (193) nos casos de emergência.

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Leia mais