Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

São Paulo insiste em busca no mercado por zagueiro canhoto; entenda motivo

Tricolor quer melhorar construção na saída de bola e busca reposição para vaga de Beraldo, negociado com PSG no início deste ano

As metas do São Paulo no mercado são claras desde que começou a temporada. O clube deseja contratar um lateral-esquerdo e um centroavante. Há, no entanto, uma função que parece ser tratada ainda com mais atenção pelo técnico Thiago Carpini.

O comandante tricolor deseja um zagueiro canhoto e tem uma motivação prática para isso. Segundo o treinador, essa peça cumpre uma função tática primordial na construção das jogadas.

É algo que Beraldo, negociado com o PSG no começo deste ano, fazia com qualidade e deixou um vazio no time desde a saída para o futebol europeu.

“No ano passado, nós tínhamos um zagueiro-meia canhoto. É o que estou buscando para o nosso elenco. Querendo ou não, um destro, quando joga do lado esquerdo, fica mais torto. A circulação fica mais lenta e você acaba mostrando mais o passe, quando você vai arriscar esse passe por dentro, na amplitude”, disse Thiago Carpini.

“Um canhoto não. E era o que o Beraldo fazia com excelência. Não porque é melhor ou pior que os outros. Ele é um excelente jogador tanto que está no PSG, mas os que eu tenho aqui, estou muito contente. São grandes jogadores. Mas o fato de jogar do lado esquerdo e dar essa amplitude é onde falta um pouquinho para a gente encontrar um pouco mais esses espaços e ser um pouco mais agressivo”, acrescentou.

Atualmente, a zaga titular do São Paulo é formada por Arboleda e Diego Costa. Os reservas imediatos são Alan Franco e Ferraresi. Nenhum tem a característica desejada por Thiago Carpini.

Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais