Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Sócios do Vitória rejeitam troca de nome do clube; mas aprovam ‘naming right’ para Barradão

Estádio rubro-negro deverá passar a se chamar Arena ‘Fatal Model Barradão’ após a reforma de qualificação do estádio

Patrocinadora Fatal Model dará nome ao estádio do Vitória

Patrocinadora Fatal Model dará nome ao estádio do Vitória

Victor Ferreira / EC Vitória

O Vitória anunciou, na tarde desta segunda-feira (11), o resultado das duas votações realizadas junto aos sócios do clube para definir, ou não, mudanças no nome do clube e do estádio rubro-negro. A alteração da mudança para que o Leão se chamasse “Fatal Model Vitória”, por R$ 200 milhões, foi rejeitada. Em contrapartida, os sócios aprovaram que o clube negocie a venda do “naming rights” do estádio Barradão, por R$ 100 milhões, para o site de acompanhantes.

Atualmente, o Vitória possui 33.276 sócios que estavam aptos a votar. Pouco menos da metade, cerca de 15 mil, exerceu o seu direito de escolha mediate um site exclusivo para os associados.

Ao todo, 73,42% aprovaram a abertura da negociação para a venda de “naming rights” do estádio com o Fatal Model; 26,58% foram contrários. Para a troca do nome do clube, apenas 13,31% foram favoráveis; 86,69% foram contrários.

Resultado da votação no Vitória

Resultado da votação no Vitória

Vitória/Divulgação

“Como a nossa parceria sempre foi pautada no respeito mútuo, nada mais justo do que pedir a opinião dos torcedores do Leão, as pessoas que mais vivem o Colossal no dia a dia. Após mais de 15.000 votos, as negociações para a compra dos ‘Naming Rights’ do Barradão serão abertas”, informou o Vitória, em nota.

A partir do próximo ano, o Vitória iniciará as negociações para concretizar a venda do novo nome do Barradão.

Vale lembrar que o Vitória já possui em mãos um detalhado projeto de arquitetura para o estádio Manoel Barradas foi inaugurado em 11 de novembro de 1986. A capacidade do estádio sairia dos atuais 29 mil para 50 mil torcedores; o Barradão ganharia cadeiras e uma nova cobertura, além de novos camarotes, praça de alimentação, museu, entre outras benfeitorias.

O orçamento da obra, conforme apresentado por Fábio Mota em entrevista recente à Itatiaia, está em R$ 330 milhões. O presidente contava com a venda desse “naming right” para viabilizar as obras.

Jornalista, natural do Recife, é atualmente correspondente do portal Itatiaia Esporte na região Nordeste. Com mais de uma década de experiência no jornalismo esportivo, tem passagens pela Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, Superesportes e NE45. Em Portugal, trabalhou por O Jogo e Sport Magazine.
Leia mais