Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Vasco não irá exercer direito de compra de Robson e zagueiro vai deixar o clube

Emprestado pelo Nice-FRA até o final do ano, defensor não agradou e abre uma lacuna no setor defensivo para 2024

O ciclo do zagueiro Robson está se encerrando no Vasco. Com empréstimo até o final do ano, o jogador não será adquirido de forma definitiva e retorna para o Nice-FRA, clube detentor dos direitos econômicos do jogador. A saída dele abre uma lacuna e uma vaga no setor defensivo.

Mesmo sendo utilizado pelo técnico Ramón Díaz, Robson não agradou na passagem pelo Vasco. O jogador, inclusive, quase foi devolvido pela diretoria no meio do ano, mas a multa para rescindir o empréstimo era alta e a cúpula de futebol voltou atrás. Os agentes até chegaram a procurar um novo destino, mas sem sucesso.

Com Díaz, Robson chegou a ganhar oportunidades na lateral direita, quando o técnico ainda não tinha seu titular definido. Paulo Henrique se tornou o lateral por dez jogos, mas Pumita Rodríguez recuperou a posição nos últimos jogos. Sendo assim, o defensor não foi mais utilizado.

Com a camisa vascaína, Robson jogou somente 21 jogos, sendo 18 pela Série A do Campeonato Brasileiro e outros três no Campeonato Carioca. A última vez que esteve em campo foi no dia 3 de dezembro, diante do Grêmio, em Porto Alegre. A compra em definitiva do jogador, caso atingisse a meta estabelecida, era de cerca de R$ 10,7 milhões.

Sem Robson, o Vasco já está no mercado em busca de jogadores para a posição. Junior Alonso é o favorito para reforçar o setor, enquanto Maicon, que encerrou a temporada como titular, deve renovar por mais um ano com o clube.

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais