Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Governadora garante que vai ‘buscar e punir’ culpados por ataque a ônibus do Fortaleza

Raquel Lyra, do PSDB, se posicionou na manhã desta quinta-feira (22), por meio do “X”, antigo Twitter

A governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), se posicionou na manhã desta quinta-feira (22) acerca do ataque ao ônibus do Fortaleza. O caso ocorreu após a saída da delegação tricolor da Arena de Pernambuco, na Região Metropolitana do Recife (PE), onde o Leão do Pici enfrentou o Sport pela Copa do Nordeste.

“Como governadora, garanto que trabalharemos para buscar e punir os culpados. As pessoas responsáveis por esse ato não são torcedores, são criminosos. Futebol e violência não devem se misturar jamais”, escreveu a gestora, em sua conta no “X”, o antigo Twitter.

De acordo com informações preliminares, o veículo foi atingido com pedras e bombas. Em nota, o Fortaleza informou que seis jogadores sofreram algum tipo de ferimento.

“O goleiro João Ricardo foi ferido com um corte no supercílio e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, e o volante Lucas Sasha foram feridos com estilhaços de vidro e tiverem que conter sangramentos. Todos eles foram levados ao hospital após o ocorrido”, diz o texto.

Após o ocorrido, o Leão do Pici tem dito que não vai voltar a jogar antes de os responsáveis serem encontrados e punidos.

“Essa é a posição do Fortaleza, estou falando aqui oficialmente. Não pretende jogar enquanto os jogadores que estão machucados não puderem jogar. Não é justo o que aconteceu, essa covardia, e agora sermos prejudicados. Não há cabeça, os atletas verem os companheiros machucados. E também queremos que os culpados sejam identificados e punidos”, disse Marcelo Paz, CEO da SAF do Fortaleza, nesta quinta.

Posição do Sport

Em nota, o Sport lamentou o atentado e disse que se colocou "à disposição para ajudar na apuração dos fatos e nas investigações, buscando identificar os envolvidos nesse ato criminoso”. Confira o texto completo:

“O Sport Club do Recife repudia veementemente os atos de violência praticados contra o ônibus da delegação do Fortaleza Esporte Clube na saída da Arena de Pernambuco após a partida desta quarta-feira.

Os absurdos atos de violência não condizem com a real conduta e comportamento da torcida rubro-negra, tampouco com os valores do Clube - que sempre irá abominar esse tipo de postura.

O presidente Yuri Romão, o executivo André Figueiredo, o coordenador técnico Ricardo Drubscky e a equipe médica do Clube já estão com delegação do time cearense, prestando apoio e todo o suporte necessário.

O Sport também já se colocou à disposição para ajudar na apuração dos fatos e as investigações, buscando identificar os envolvidos nesse ato criminoso”.

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais