Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Palmeiras busca empate com Fortaleza com um a menos e se mantém líder do Brasileiro

Gustavo Gómez é expulso, paulistas ficam duas vezes atrás do placar, mas conseguem a igualdade na Arena Castelão, neste domingo (26)

Com um a menos quase todo o segundo tempo, o Palmeiras esteve duas vezes atrás do placar, mas conseguiu empatar com o Fortaleza por 2 a 2 na noite desta domingo (26), na Arena Castelão, na capital cearense, e se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro da Série A após a 35ª rodada. Está empatado em pontos com o Flamengo, 63, mas vence no desempate por saldo de gols. Faltam três jogos para acabar a competição.

Gustavo Gómez foi expulso quando o time paulista perdia por 1 a 0. O Verdão buscou o empate por duas vezes, com gols de Raphael Veiga e Zé Rafael. Para os donos da casa marcaram Thiago Galhardo e Calebe.

Os cearenses completaram dez jogos sem vencer, nove pelo Brasileirão, ficaram com 45 pontos, na 12ª colocação, a quatro pontos apenas da zona do rebaixamento.

Descanso que não faz bem

O técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, reclamou antes da parada para a Data Fifa, quando as Seleções jogam, de ficar 15 dias sem jogar. E, de novo, o Palmeiras voltou mal após esse descanso, com um primeiro tempo bem abaixo do que o time costuma produzir.

E pior: o Fortaleza fez três jogos em oito dias nesse período, recuperando jogos atrasados. No primeiro tempo, o time cearense dominou as ações, merecendo a vitória com o gol de Thiago Galhardo. O Palmeiras deu um chute a gol, no finalzinho da etapa, com Raphael Veiga, para defesa de João Ricardo.

Redenção de Thiago Galhardo

O atacante do Fortaleza foi bastante vaiado quando teve o nome anunciado no telão do Castelão, como substituto do lesionado Lucero. O jogador vem sendo bastante criticado pela torcida por atuações ruins quando entra no decorrer das partidas, e o técnico Vojvoda foi cobrado em entrevistas coletivas recentes por insistir em usar Galhardo nessa fase abaixo do que pode produzir.

Com 19 minutos de jogo, entretanto, o atacante recebeu um passe de Guilherme, outro que de forma recorrente é criticado por torcedores, dominou dentro da área e finalizou no canto direito de Weverton. E foi comemorar com os torcedores, que naquele momento esqueceram qualquer crítica.

No segundo tempo ele foi substituído por Marinho e saiu aplaudido.

Expulsão e empate

Abel arriscou tudo no segundo tempo, sacando Marcos Rocha e Richard Ríos e colocando os atacantes Rony e Artur. Mas poucos minutos depois dessas alterações, Gustavo Gómez derrubu Calebe, o melhor em campo, na entrada da área, mas era o último homem. Vermelho recebido, que desarrumou qualquer tática planejada pelo treinador palmeirense.

Só que, por incrível que pareça, o Palmeiras passou a jogar melhor com um a menos, encurralou o Fortaleza, e chegou ao empate em chute de Raphael Veiga, da entrada da área, no cantinho.

Calebe, o melhor em campo

O meia-atacante, ex-Atlético, finalmente está jogando em sua posição de origem, um meia veloz que chega perto dos atacantes, e não de ponta, como Vojvoda o escalou diversas vezes. E ele foi o melhor em campo assim neste domingo.

No segundo gol, ganhou na velocidade, invadiu a área e chutou por baixo de Weverton, quando ele saia do gol.

Empatou de novo

Quando parecia que a derrota palmeirense seria sacramentada, uma bola jogada na área sobrou para Zé Rafael fazer o segundo palmeirense. Para espanto dos quase 40 mil torcedores presentes no Castelão, que vaiaram bastante o time ao término da partida.

Próximos jogos

Pela 36ª rodada do Brasileirão, o Fortaleza vai visitar o Bragantino, no interior paulista, na quinta-feira (30), às 20h30 (de Brasília). O Palmeiras recebe o América na quarta-feira (29), às 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque, em São Paulo.

Fortaleza 2 x 2 Palmeiras

Fortaleza

João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi e Bruno Pacheco; Zé Welison, Caio Alexandre (Pochettino) e Calebe (Lucas Crispim); Yago Pikachu (Machuca), Guilherme e Thiago Galhardo (Marinho). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Palmeiras

Weverton; Marcos Rocha (Rony), Gustavo Gómez, Murilo e Joaquín Piquerez; Richard Ríos (Artur), Zé Rafael, Mayke, Raphael Veiga (Fabinho) e Breno Lopes (Vanderlan); Endrick (Naves). Técnico: Abel Ferreira

Gols
Thiago Galhardo (19min1ºT), Calebe (24min2ºT) para o Fortaleza
Raphael Veiga (20min2ºT), Zé Rafael (32min2ºT) para o Palmeiras

Cartões Amarelos
Bruno Pacheco (Fortaleza)

Cartão Vermelho
Gustavo Gómez (Palmeiras)

Público: 39.504 pagantes
Renda: R$ 990.006,00

Motivo: 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data e horário: 26 de novembro de 2023 (domingo), às 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Andre Luiz Skettino (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais