Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Léo Ortiz, Thiago Maia e reforços: Braz e Spindel atualizam mercado do Flamengo

Dirigentes falaram das movimentações do Rubro-Negro nos últimos dias por chegadas e saídas de jogadores

Após a apresentação de Marías Viña, nesta segunda-feira no Ninho do Urubu, Marcos Braz e Bruno Spindel atualizaram a movimentação do Flamengo no mercado. O assunto principal foi Léo Ortiz, zagueiro do Red Bull Bragantino por quem o clube carioca negocia há meses.

Leia também

Braz, vice-presidente de futebol, e Spinde, diretor executivo, reforçaram que as negociações seguem, mas as partes ainda não chegaram a um meio-termo financeiro.

A dupla ainda explicou que avalia outros nomes para a posição, lembrando que a janela de transferências está aberta até o dia 7 de março.

Os dirigentes também falaram sobre a situação de Thiago Maia, que tem direitos econômicos ligados ao Lille, da França, e tem negociação com o Internacional. O atleta está treinando à parte no Ninho do Urubu.

Veja as respostas de Marcos Braz e Bruno Spindel abaixo:

Marcos Braz sobre Léo Ortiz:

“A vontade do jogador é explícita, até por ele. Ele já externou isso, inclusive, para os dirigentes do Bragantino. A gente agradece a escolha dele, o entendimento de que, para a carreira dele, a vinda para o Flamengo seria importante, mas a gente também respeita, e muito, a posição do Bragantino. O Bragantino tem uma pedida sobre o atleta, a gente tem o nosso limite financeiro, o nosso entendimento de mercado, até quanto a gente pode gastar. Isso faz parte. Temos até o dia 7 de março para definir.

Esse é o prazo legal, que se pode inscrever o jogador. Fora disso, não tenho muito a acrescentar. As coisas andaram, mas não evoluíram no tamanho que se pudesse ficar otimista ou achar que já estaria próximo de fazer.

Acho que tem a possibilidade do jogador vir, até em função até do jogador, que deixa claro. Agora, é ter tranquilidade para ver se a gente consegue subir um pouco mais nas propostas e eles descerem. Mas isso é uma via de mão dupla. Se pensar que é via de mão única, não terá muito sucesso. Mas o Flamengo externa e não se preocupa com isso, até porque já contratamos De la Cruz, Viña, e estamos muito tranquilos no prosseguimento dessa janela, e o Flamengo terá essa tranquilidade.”

Bruno Spindel sobre Léo Ortiz:

“Como é um processo longo de negociação, e ajuste de parte a parte... Quando o processo é longo, e a diferença de valores começa muito grande, neste estágio que está, qualquer pequena mudança, é muito difícil. As distâncias diminuíram muito, mas quando está no limite de parte a parte, fica mais difícil. Tem o limite financeiro, de mercado.

A gente já vem qualificando o elenco na janela. O elenco é muito qualificado, em todas as posições, inclusive na zaga. A gente precisa de elenco para a temporada, são muitos jogos. Confiamos muito no elenco, mas tudo que pudemos fazer para subir o nível, vamos fazer e o Léo seria nessa linha.”

Bruno Spindel sobre Thiago Maia:

“Tem conversas. Não é uma negociação simples porque envolve três partes: o Flamengo, o Lille, que também é detentor de direito econômico, e o Inter. Tem uma série de detalhes e a negociação ainda está aberta. Vamos ver o que vai acontecer nos próximos dias.

Até o dia 7 de março vai fazer mais alguma tentativa de qualificação do elenco. A gente confia no Tite, na comissão, no grupo de atletas, que está desempenhando e dando resultado. A gente confia que o trabalho vai render frutos, mas a gente precisa fazer um esforço para qualificar o elenco, tendo em vista que são quase 80 jogos no ano. Tem a dificuldade da Copa América, Data Fifa, lesões, suspensões, tudo que acontece ao longo da temporada.”

Marcos Braz sobre posição do clube no mercado:

“Externar para a torcida que quando estamos em uma situação como essa, do Leo Ortiz, externamos que queremos a contratação dele, mas a gente trabalha com outros nomes. Apenas não foi vazado. Para não ficar aquela sensação de que se não trouxer o Léo Ortiz hoje e amanhã trago outro jogador, ‘Ah, inventou o jogador’. Não há invenção aqui dentro, são jogadores que estão sendo monitorados, estamos fazendo relatórios, perguntando sobre contratos.

Se tiver algum nome vazado amanhã ou depois de amanhã, de negociação em curso, é sistêmico aqui dentro a procura de melhorar o elenco, e temos até o dia 7 para fazer isso. Não é o ideal, seria iniciar o ano com todos à disposição da comissão, mas, às vezes, não é possível”.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista e correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Apaixonado por esportes, pela arquibancada e contra torcida única.
Leia mais