Ouvindo...

Times

Flamengo pretende definir retorno de Jorge Jesus ainda nesta semana

Clube rubro-negro já entrou em contato com o treinador, que teve um áudio vazado confirmando o interesse de ambas as partes

O Flamengo já definiu que até o fim de semana vai concretizar as negociações para um possível retorno de Jorge Jesus ao clube. Multicampeão em 2019, o português tem vínculo com o Fenerbahçe-TUR até o fim de maio e não pretende quebrar. Para isso, o treinador pediu para o Fla ficar em compasso de espera até sua chegada. Contudo, após o confronto desta quinta-feira (13), diante do Maringá, pela Copa do Brasil, a cúpula de futebol do clube carioca vai se reunir para definir quais serão os próximos passos.

Internamente, o Flamengo sabe que a volta e Jorge Jesus é o melhor caminho a se seguir. A questão financeira, como o próprio treinador vazou em áudio não será um problema. A pessoas próximas, o português já confirmou que seu desejo é retornar ao Brasil. Oficialmente, o Mister ainda não comunicou os dirigentes do Fenerbahçe que não vai renovar, mas a cúpula turca também já está ciente que ele quer retornar ao Fla. O Rubro-Negro, por sua vez, ainda não debateu também a possibilidade de pagamento ou não da multa rescisória, mas tende a tentar a liberação sem onerar os turcos, já que o contrato está próximo do fim.

Um áudio do treinador foi vazado na quarta-feira (12), no qual Jesus confirma contato com a diretoria do Flamengo e garante que os valores divulgados por aí não são reais, uma vez que ele sequer conversou com os dirigentes sobre a questão financeira. Pesa para o Flamengo, a espera por Jesus, a quantidade de jogos que a equipe terá que fazer com um interino, muito provavelmente Mário Jorge, que já comanda o Fla diante do Maringá, nesta quinta.

Contudo, a direção também se apega ao fator 2019, em que Abel Braga deixou a equipe no meio de um turbilhão e Jorge Jesus chegou com as competições já em andamento. Na Copa Libertadores, por exemplo, ele assumiu já nas oitavas de finais, diante do Emelec-EQU, enquanto na Copa do Brasil nas quartas de finais contra o Athletico. No torneio continental, o clube carioca avançou e sagrou-se campeão.

Na Série A do Campeonato Brasileiro, Jesus chegou com o Flamengo bem atrás do então líder Palmeiras, mas foi campeão nacional com sobras. Isso tudo, pesa para a cúpula rubro-negra, uma vez que foram eles quem estavam à frente do comando de futebol também naquele ano.

No áudio de Jorge Jesus, ele afirma que a equipe podia esperar pelo fim de seu vínculo com o Fenerbahçe e garante que o resto será tudo definido, sem quaisquer problema. Por isso, a diretoria ainda vai definir os próximos passos.

“Bom dia, amigo. Aqui são 10h da manhã na Turquia, aí no Brasil o fuso horário é de seis horas. Eu falei com o Marcos Braz ontem várias coisas, mas nunca falei em condições financeiras com ele. Não sei por que está a passar no Brasil a dizerem que eu pedi muito dinheiro e não chegaram a acordo comigo. Não sei qual é a intenção disso, mas a verdade é que o Marcos Braz falou comigo sobre o Flamengo, se eu pudesse sair já. Eu disse que já não podia, tinha que me dar algum tempo. Até para eu falar aqui com o presidente. Falta um mês e meio para acabar o campeonato aqui na Turquia. Ele me disse que ia pôr um treinador interino, e eu disse: ‘Então, ok, vocês podiam esperar por mim’. Ele disse que não podia esperar muito por mim mais que uma semana. E aqui, pronto, tudo bem. Agora não quero que as pessoas pensem que, se eu não for para o Flamengo, que foi por questões financeiras. Porque não falei nem com o Marcos Braz e já estão por aí a dizer que eu pedi mundos e fundos”, diz o Mister em áudio.

Após o confronto contra o Maringá, no Paraná, o Flamengo já volta a campo no domingo (16), no Maracanã, contra o Coritiba pelo Brasileiro. Em seguida, encara também no Rio de Janeiro, o Ñublense-CHI, pela segunda rodada da Libertadores, na quarta-feira (19).

Jornalista esportivo desde 2006 e com passagens por Lance!, Extra e assessorias de marketing esportivo. É correspondente da Itatiaia no Rio de Janeiro. Tem pós-graduação em Jornalismo Esportivo e formação em Análise de Desempenho voltado para mercado.
Leia mais