Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Cruzeiro vence o Pouso Alegre, assume liderança geral e se classifica no Mineiro

William e Dinenno fizeram os gols que garantiram a vitória do Cruzeiro, em Uberlândia, na sétima rodada

O Cruzeiro venceu o Pouso Alegre por 2 a 0, neste domingo (25), no estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro. Os gols da vitória celeste foram marcados por William e Dinenno, ambos no primeiro tempo. Na segunda etapa, o meia-atacante cruzeirense Matheus Pereira ainda desperdiçou um pênalti, defendido pelo goleiro Thiago Braga.

Com a vitória, o Cruzeiro garantiu classificação antecipada às semifinais do Estadual. Além disso, assumiu a liderança geral do Campeonato Mineiro. O time de Nicolás Larcamón chegou aos 16 pontos, um a mais do que o América (15), antigo dono da melhor campanha da competição.

O triunfo em cima do Pouso Alegre fez o Cruzeiro retomar a liderança do Grupo A. O Tombense é o segundo na chave, com 15 pontos em sete jogos.

Na última rodada da fase de classificação, o Cruzeiro enfrentará o Uberlândia, no Mineirão, no próximo sábado (2), às 16h30 (de Brasília). Uma vitória simples confirmará a equipe azul como a de melhor campanha na competição, o que dará vantagens nas fases finais.

O jogo

O Cruzeiro definiu o placar ainda no primeiro tempo. A equipe do técnico Nicolás Larcamón explorou bastante o jogo pelo lado direito, aproveitando espaços deixados pela defesa do Pouso Alegre. O lateral-direito William foi um dos destaques. Além do gol, o jogador deu uma assistência para o argentino Juan Dinenno marcar.

Apesar do amplo domínio do Cruzeiro, quem começou assustando foi o Pouso Alegre. Gabriel Neto acertou o travessão de Rafael Cabral logo no primeiro minuto. Apesar do susto, o time celeste soube ter paciência para chegar ao primeiro gol, marcar o segundo e construir a vitória.

Na segunda etapa, o Cruzeiro seguiu dominando. O meia-atacante Matheus Pereira perdeu um pênalti e depois desperdiçou uma chance na frente do goleiro Thiago Braga. Era a chance do 3 a 0.

Zé Ivaldo chegou com perigo duas vezes também. A primeira, em um chute de fora da área. A “bomba” acertou o travessão do Pouso Alegre.

Depois, o próprio defensor arrancou do campo de defesa cruzeirense e, na linha de fundo da área do Pouso Alegre, tocou para o meio. Matheus Pereira desperdiçou novamente, de frente para goleiro adversário.

Quem foi bem?

O lateral-direito William foi um dos destaques do jogo. A partida aconteceu muito pelo lado do camisa 12, autor de um gol e uma assistência.

Quem foi mal?

Matheus Pereira, camisa 10 do Cruzeiro, destoou um pouco. Ele desperdiçou um pênalti e perdeu um gol na “cara” do goleiro Thiago Braga, após linda jogada de Zé Ivaldo. O zagueiro celeste saiu da área cruzeirense e só parou na linha de fundo do campo do Pouso Alegre.

Por que o jogo em Uberlândia

O Pouso Alegre, time do Sul de Minas Gerais, mandou a partida no Triângulo Mineiro por ter vendido o mando de campo. Por isso, recebeu algo em torno de R$ 400 mil em dinheiro, além de passagens aéreas e hospedagens.

O Cruzeiro teve todas as despesas pagas pela empresa que comprou o mando de campo.

De volta ao caminho das vitórias

O Cruzeiro voltou a vencer em um momento oportuno. Além da manutenção da liderança no Grupo A e de ter assumido o posto de melhor campanha no Campeonato Mineiro, o time celeste se recupera do traumático resultado na Copa do Brasil.

Na semana passada, o time de Nicolás Larcamón sofreu um baque ao perder por 2 a 0 para o modesto Sousa-PB, e ser eliminado na primeira fase da Copa do Brasil.

Cronologia do jogo

Aos 29 minutos do primeiro tempo, Marlon cruzou bola da esquerda. William, na segunda trave, dominou no peito e chutou. A bola desviou em Vinício, enganou o goleiro Thiago Braga, e morreu no fundo das redes do Pouso Alegre: 0 a 1.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, William apareceu pela direita, cruzou para o meio da área e encontrou Juan Dinenno. O argentino deu um “peixinho” para testar com força para o fundo das redes do Pouso Alegre: 0 a 2.

Aos 6 minutos do segundo tempo, Matheus Pereira bateu pênalti, mas o goleiro Thiago Braga defendeu no canto direito.

POUSO ALEGRE 0 X 2 CRUZEIRO

Pouso Alegre

Thiago Braga; Felipe Moreira (João Henrique), Alex Alves, Lucas Mufalo (Fillipy) e Vinício; Magno Henrique Rocha (Henrique), e Léo Príncipe (Chester); Lucas Nathan, Gabriel Neto e Cristian Bauer (Paulo Henrique). Técnico: Gustavo Brancão

Cruzeiro

Rafael Cabral; William, Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon (Lucas Villalba); Lucas Romero (Machado), Lucas Silva (José Cifuentes) e Matheus Pereira; Rafael Elias (Robert), Arthur Gomes (Mateus Vital) e Juan Dinenno. Técnico: Nicolás Larcamón

Motivo: 7ª rodada da fase de grupos do Campeonato Mineiro
Data e horário: 25 de fevereiro de 2024 (domingo), às 11h (de Brasília)
Local: Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG)
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Auxiliares: Magno Arantes Lira e Fernanda Gomes Antunes
Gols: William (29’ 1ºT), Dinenno (40’ 1ºT)
Cartão amarelo: Lucas Mufalo, Vinício (POA)
Cartão vermelho: Não houve
Público: 4.968
Renda: R$ 433.532,80

Leia também

Participe do canal da Itatiaia no WhatsApp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Leia mais