Ouvindo...

Times

Qual deve ser o time do Fortaleza para enfrentar o Cruzeiro pelo Brasileiro

Tricolor cearense vive má fase e, apesar de não ter desfalques importantes, técnico Vojvoda pode mudar a escalação

O técnico do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, não tem desfalques por suspensão para enfrentar o Cruzeiro neste sábado (18), na Arena Castelão, na capital cearense, em jogo atrasado da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O início será às 18h30 (de Brasília).

Na lista de machucados estão o volante Hércules, que desde julho se recupera de uma grave lesão ligamentar no joelho, e só retorna em 2024. E os reservas Zanocelo e Tobias Figueiredo estão com problemas musculares, mas não têm sido muito usados por Vojvoda.

Mesmo com praticamente força máxima à disposição, o treinador argentino poderá promover mudanças no time-base que utiliza por quase toda a temporada. Resultado da má fase, com seis jogos sem vencer no Brasileiro, com cinco derrotas e um empate. Se somar o 1 a 1 contra a LDU de Quito, na final da Copa Sul-Americana, no fim de outubro, são sete jogos sem triunfo.

Na defesa, o lateral-esquerdo Bruno Pacheco pode dar lugar a Gonzalo Escobar. Há preocupação com a fragilidade do time, que levou 12 gols nos sete jogos de jejum, nos extremos da defesa. No meio de campo, Caio Alexandre, que tem sido poupado por desgaste físico, deve retornar, mas o armador Pochettino pode dar lugar a Calebe, ex-Atlético, por mais velocidade no setor.

O ataque é o setor que Vojvoda normalmente mais mexe, e agora não deve ser diferente. O problema é que os titulares não rendem, mas os reservas também não. Mesmo assim é provável que Marinho ceda lugar a Yago Pikachu, e Guilherme a Machuca. Lucero, o centroavante, deve ser mantido.

O provável Fortaleza para o jogo tem João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi e Bruno Pacheco (Gonzalo Escobar); Caio Alexandre, Zé Welison e Pochettino (Calebe); Marinho (Yago Pikachu), Lucero e Guilherme (Machuca).

Na classificação

O jogo da 30ª rodada foi atrasado por causa da participação do Fortaleza na final da Copa Sul-Americana, no Uruguai, no fim de outubro. Os brasileiros perderam dos equatorianos da LDU nas cobranças de pênaltis. O Fortaleza tem um outro jogo a menos, contra o Botafogo, que será dia 23 de novembro, às 19h (de Brasília), também no Castelão.

Em 12º lugar na tabela de classificação da Série A, com 43 pontos, o objetivo do Fortaleza passa agora a ser somar os quatro pontos necessários para zerar a chance do rebaixamento e de garantir a classificação para a Copa Sul-Americana de 2024. Para isso é preciso ficar até a 14ª posição.

O Cruzeiro está em 17º lugar, com 37 pontos, na zona do rebaixamento. Mas também tem duas partidas a menos, a segunda contra o Vasco, que será em 22 de novembro, no Mineirão, às 19h (de Brasília).

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais