Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Cruzeiro tem Vanderlei Luxemburgo como plano A para reta final do Brasileiro

Paulo André foi autorizado pelo sócio majoritário da SAF a conversar com Luxemburgo e discutir uma possível volta ao Cruzeiro neste momento

Com a demissão de Zé Ricardo, oficializada nesse domingo (12), Fernando Seabra, técnico do time sub-20, assumirá interinamente o comando do Cruzeiro. Mas a diretoria da Sociedade Anônima do Futebol já trabalha para encontrar no mercado um substituto para as rodadas finais. E Vanderlei Luxemburgo é o primeiro nome da lista.

Homem de confiança de Ronaldo, Paulo André foi autorizado pelo sócio majoritário da SAF a conversar com Luxemburgo e discutir uma possível volta ao Cruzeiro neste momento. O plano B é Roger Machado.

Resta saber se Luxemburgo aceitará um contrato de curto prazo, apenas até o fim da Série A. A intenção da direção é condicionar a permanência em 2024 ao sucesso na reta final do Brasileiro.

Procurado pela reportagem da Itatiaia no fim da noite deste domingo, Luxemburgo não se manifestou sobre o interesse do Cruzeiro.

Perfil motivador

Luxemburgo, de 71 anos, tem três passagens pelo Cruzeiro no currículo, conhece a fundo a instituição e tem um perfil motivador. Internamente, ele é visto como um nome capaz de mexer com o elenco para conquistar ao menos oito dos 18 possíveis e evitar o rebaixamento à Série B.

O detalhe é que Luxemburgo comandava o Cruzeiro na reta final da Série B de 2021, quando o acesso não foi alcançado, e teve contrato renovado pelo então presidente Sérgio Santos Rodrigues para 2022. Mas, com a chegada de Ronaldo para assumir a SAF, o acordo foi desfeito pela nova gestão. À época, Paulo Pezzolano foi o escolhido para iniciar o novo projeto com o Fenômeno.

Na ocasião, Luxemburgo evitou polêmica ao anunciar sua saída do Cruzeiro, fez elogios a Ronaldo, sócio majoritário da SAF, mas claramente ficou chateado pelo fato de ter sido preterido pela nova gestão. “Não tenho nenhum problema de o Ronaldo não ter ficado comigo. Ele é o presidente, comprou uma empresa, a minha relação pessoal com ele é de amizade, eu continuo gostando dele da mesma forma. Ele comprou a empresa e entendeu que o técnico Vanderlei Luxemburgo, amigo dele, não cabia no projeto que ele tem dentro da empresa dele. Ponto”, disse à época, em vídeo.

História do Cruzeiro

Luxemburgo tem três passagens pelo Cruzeiro. Na primeira, entre 2002 e 2004, conquistou a Tríplice Coroa de 2003: campeão mineiro, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Depois, voltou ao clube em 2015. A última experiência na Toca foi entre agosto e dezembro de 2021, na Série B. Foram oito vitórias, 11 empates e quatro derrotas em 23 jogos na Segundona. Vanderlei tirou a equipe da zona de rebaixamento à Terceira Divisão e encerrou a competição em 14º, com 48 pontos.

Luxemburgo no Corinthians

O último trabalho de Vanderlei Luxemburgo foi no Corinthians, onde esteve entre 1º de maio e 29 de setembro, quando foi demitido do cargo.

O treinador esteve à frente do Timão em 38 partidas e conseguiu 14 vitórias, 12 empates e 12 derrotas. O aproveitamento foi de 48%. Luxemburgo deixou o Corinthians na 10ª posição da Série A e caiu na semifinal da Copa Sul-Americana para o Fortaleza.

Como começa a semana de trabalho

A princípio, Seabra terá a responsabilidade de dirigir os treinamentos da semana e preparar a equipe para o duelo de sábado, às 18h30, no Castelão, contra o Fortaleza, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro (jogo atrasado). O interino terá carta branca para promover jogadores da base e barrar atletas do elenco profissional.

A diretoria estuda ainda levar todo o elenco para uma hotel no interior de São Paulo e aumentar a concentração para os jogos finais do Campeonato Brasileiro. A programação ainda não foi divulgada.

Os adversários até a reta final do Campeonato Brasileiro serão, pela ordem, Fortaleza (fora), Vasco (casa), Goiás (fora), Athletico-PR (casa), Botafogo (fora) e Palmeiras (casa).

Luxemburgo no Cruzeiro

De 2002 a 2004

  • 82 vitórias

  • 36 empates

  • 31 derrotas

  • 149 jogos

  • Campeão do Campeonato Mineiro

  • Campeão da Copa do Brasil

  • Campeão do Campeonato Brasileiro

2015

  • 6 vitórias

  • 3 empates

  • 10 derrotas

  • 19 jogos

2021

  • 8 vitórias

  • 11 empates

  • 4 derrotas

  • 23 jogos

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.
Emerson Pancieri é setorista do Cruzeiro na Rádio Itatiaia, onde atua desde 2016. Graduou-se em Jornalismo pela Newton Paiva, em 2009. Passou também por Transamérica, O Tempo, Band News, Rádio Globo e CBN (onde foi setorista do Cruzeiro de 2012 a 2016 e cobriu o bicampeonato brasileiro 2013 e 2014, além da Copa no Brasil).
Leia mais