Ouvindo...

Times

Cruzeiro joga mal, sofre gol de falta e perde para o Fluminense no Brasileiro

Meia-atacante uruguaio Leo Fernández fez o gol da vitória do Fluminense, no Maracanã, na 24ª rodada

O Cruzeiro não jogou bem e foi derrotado por 1 a 0 pelo Fluminense na noite desta quarta-feira (20), no Maracanã, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia-atacante uruguaio Leo Fernández, de falta, no segundo tempo, fez o gol que decretou o triunfo do Tricolor, no Rio de Janeiro.

O resultado impediu o Cruzeiro de conquistar a segunda vitória consecutiva no Brasileirão, já que na última rodada havia vencido o Santos por 3 a 0.

Foi a primeira derrota do técnico Zé Ricardo no comando celeste. Ele, que tem apenas dois gols pelo clube, estreou na rodada passada, na vitória em cima do Peixe.

O próximo compromisso do Cruzeiro será contra o América, no dia 1º de outubro (domingo), no Mineirão, às 16h (de Brasília). Já o Fluminense enfrenta o Internacional na próxima quarta-feira (27), no jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã.

O jogo

O primeiro tempo não foi brilhante, mas teve um Fluminense com mais posse de bola e mais perto do gol no Maracanã. Foram duas chances claríssimas do Tricolor no Maracanã, uma com Cano, que acertou um chutaço no travessão, e Alexsander, que obrigou Rafael Cabral a fazer um milagre.

O Cruzeiro teve apenas uma chance com o lateral-direito William, lance que foi facilmente defendido pelo goleiro Fábio.

Girando mais a bola, o Fluminense virava alvo da marcação do Cruzeiro abusava das faltas no primeiro tempo no intuito de impedir os avanços do Tricolor. E foi justamente em um lance de falta no segundo tempo que o castigo veio para os mineiros.

Na segunda etapa, o Cruzeiro melhorou com as mudanças feitas por Zé Ricardo. O treinador sacou Wesley e Gilberto que estavam mal para apostar em Bruno Rodrigues e Arthur Gomes. Mas, em um lance de “bola parada” o Fluminense abriu o placar.

O meia-atacante uruguaio Leo Fernández bateu falta de longe. A bola fez uma curva e surpreendeu o goleiro Rafael Cabral, colocando o Fluminense em vantagem, no Maracanã.

Ex-Cruzeiro no Flu

O técnico Fernando Diniz escalou o Fluminense para encarar com três jogadores que passaram pela Toca II nos últimos anos. O goleiro Fábio, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa e o volante Felipe Melo fizeram parte da linha defensiva do Tricolor das Laranjeiras na partida no Rio de Janeiro.

Duelo particular saindo faísca

O atacante cruzeirense Gilberto e o volante tricolor Felipe Melo, que jogou improvisado como zagueiro, acirraram uma disputa particular no Maracanã, no primeiro tempo. Os dois se estranharam várias vezes em lances mais ríspidos, o que arrancou alguns xingamentos de um para o outro durante algumas ocasiões. O árbitro Matheus Delgado Candançan teve trabalho para observar essa disputa.

Quem foi bem: Leo Fernandéz

O meia-atacante do Fluminense entrou no segundo tempo e fez um belo gol de falta que garantiu a vitória da equipe do Rio de Janeiro.

Quem foi mal: Gilberto

O atacante do Cruzeiro segue sem conseguir uma boa partida pelo Cruzeiro. O jogador fez apenas número em campo no Maracanã.

Fábio vence mais uma

Pela quarta vez, o goleiro Fábio jogou contra o Cruzeiro desde que deixou a Toca da Raposa II, em 2020. E foi a quarta vitória do arqueiro contra o ex-clube. Nos três encontros anteriores foram dois em 2022, na ida e na volta das oitavas de final da Copa do Brasil, e na quinta rodada do Campeonato Brasileiro deste ano.

Na ida das oitavas de final da Copa do Brasil, em 23 de junho de 2022, o time carioca venceu no Maracanã por 2 a 1. Na volta, em 12 de julho, o Tricolor das Laranjeiras goleou no Mineirão, em Belo Horizonte, por 3 a 0.

FLUMINENSE 1 X 0 CRUZEIRO

FLUMINENSE

Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo (Martinelli) e Diogo Barbosa; André, Lima (Leo Fernández) e Alexsander (Marcelo); Keno (Marlon), John Kennedy e Cano. Técnico: Fernando Diniz

CRUZEIRO

Rafael Cabral; William, Lucas Oliveira, Neris e Marlon; Matheus Jussa, Lucas Silva (Machado), Vital (Stênio) e Nikão; Wesley (Arthur Gomes) e Gilberto (Bruno Rodrigues). Técnico: Zé Ricardo.

Motivo: 24ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e horário: 20 de setembro de 2023, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Matheus Delgado Candançan (CBF/SP)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Daniel Paulo Ziolli (CBF-SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-FIFA)
Gol: Leo Fernández (21' 2ºT)
Cartão amarelo: Nino, Felipe Melo, Keno, Fábio (FLU), Wesley, Stênio (CRU)
Cartão vermelho: Não houve
Público presente: 28.985
Público pagante: 27.407
Renda: R$1.134.899,50

Guilherme Piu é jornalista esportivo com experiência multiplataforma: digital, revista, rádio e TV. Tem dois livros publicados e foi premiado em festivais de cinema no Brasil e no exterior, dentre eles o Cinefoot. Cobriu grandes eventos, como Copa do Mundo, Olimpíada, Copa América e torneios de futebol. Passou por Hoje em Dia, Uol e Revista Placar.