Ouvindo...

Times

São Paulo controla Águia de Marabá, vence e se classifica na Copa do Brasil

Tricolor disputa partida com time misto e constrói placar de 2 a 0 sem sustos, nesta quinta-feira (23), no MorumBis

O São Paulo não precisou do time titular. Também não precisou fazer muita força para se impor. Desde o começo do jogo desta quinta-feira (23), o Tricolor controlou o Águia de Marabá-PA, no MorumBis, e construiu uma vitória tranquila por 3 a 0, com gols de Lucas e Erick, para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil.

O placar, aliás, só não foi muito maior porque faltou ao time mandante ser mais efetivo nas finalizações. O atacante André Silva, por exemplo, perdeu chances incríveis. Do outro lado, o goleiro Axel também teve seus momentos de destaque.

Com a classificação indiscutível, após também vencer no jogo de ida por 3 a 1, a equipe de Luis Zubeldía fatura mais R$ 3,465 milhões e ainda segue invicta sob o comando do técnico argentino. Agora, são oitos jogos, com seis vitórias e dois empates.

Próximos jogos

Na próxima quarta-feira (29), às 21h30 (de Brasília), o São Paulo volta a campo para disputar a liderança do grupo B da Copa Libertadores contra o Talleres, no MorumBis.

Já o Águia de Marabá-PA visita o Moto Club-MA, no estádio Nhozinho Santos, pela quinta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. O jogo acontece neste domingo (26), às 18h (de Brasília).

O jogo

São Paulo com time misto

O técnico Luis Zubeldía decidiu mandar a campo um time misto, que contou com o retorno do atacante Lucas à equipe titular depois de um mês e 20 dias.

No esquema tático, o comandante tricolor voltou a apostar em uma linha de quatro jogadores para o ataque, tendo Erick na ponta direita e Nestor na esquerda. Lucas, com mais liberdade para flutuar, e André Silva compunham a zona central do ataque.

Tricolor amassa rival

Com o desenho ofensivo, o São Paulo empilhou chances na partida, mas mostrou pouca efetividade nas finalizações e ainda encontrou um goleiro rival inspirado.

As chances do Tricolor surgiram a partir dos 13 minutos e começaram a se repetir uma atrás da outra. Na primeira, André Silva perdeu um gol incrível de cabeça. Depois, teve Patryck acertando a trave.

Mas, nada se compara à sequência de defesas do goleiro Axel, aos 18 minutos. Primeiro, ele espalmou um chute de Galoppo. Na sobra, André Silva finalizou duas vezes - sendo uma de cabeça - e o arqueiro conseguiu defender incrivelmente.

André Silva, por sinal, deixou a desejar - e muito - nas finalizações.

São Paulo abre placar de pênalti

O Tricolor, enfim, conseguiu sair na frente aos 35 minutos. Depois de Erick ser empurrado por Júnior Dindê, o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Lucas deslocou o goleiro e saiu para a comemoração.

Erick amplia

Depois de abrir o placar, o São Paulo continuou soberano na partida e ampliou o marcador com Erick, aos 43. O atacante mandou de cabeça para o gol, após belo cruzamento de Ferraresi. A tranquilidade para a etapa final era ainda maior.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Tricolor continuou acumulando chances. Teve chute de Nestor. Teve uma outra oportunidade incrível perdida por Galoppo. Teve cabeçada de André Silva raspando o travessão.

Ritmo cai

Em seguida, os dois times fizeram uma série de trocas, e o São Paulo reduziu o volume de chances criadas.

A partida adquiriu um certo ritmo de fim de treino, sendo controlada pela equipe tricolor.

São Paulo 2 x 0 Águia de Marabá-PA

São Paulo

Jandrei; Moreira, Ferraresi, Diego Costa e Patryck; Luiz Gustavo, Galoppo (Alisson) e Nestor (Rodriguinho); Lucas (Luciano), André Silva (Juan) e Erick (Ferreira). Técnico: Luis Zubeldía

Águia de Marabá

Axel Lopes; Bruno Limão, David Cruz, Caique Baiano e Wender; Júnior Dindê (Mariano), Patrick Maranhão (Kaique), Hitalo (Pablo), Alan Maia (Daelson) e Braga; João Guilherme (Soares). Técnico: Glauber Ramos

Gols
Lucas (35min1ºT) e Erick (43min1ºT), do São Paulo

Cartões amarelos
Wender (Águia de Marabá)

Público: 38.409 pessoas
Renda: R$ 1.221.893,00 milhão

Motivo: terceira fase da Copa do Brasil
Data e horário: 23 de maio de 2024, às 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio MorumBis, em São Paulo

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Auxiliares: Nailton Júnior de Sousa Oliveira-FIFA (CE) e Fernanda Krüger-FIFA (MT)
Árbitro de vídeo: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho (RJ)

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Brenno Costa é jornalista multimídia formado pela Universidade Católica de Pernambuco e pós-graduado em comunicação e marketing pela Estácio. Atualmente, é correspondente da Itatiaia em São Paulo. Antes, trabalhou na Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco/Superesportes e no Globo Esporte.
Leia mais