Ouvindo...

Times

Bahia marca gols no fim, vence o Criciúma e avança na Copa do Brasil

Fora de casa, Esquadrão bateu o Tigre por 2 a 0 e avançou na competição nacional

O Bahia jogou o suficiente para vencer o Criciúma de novo e avançar na Copa do Brasil. Nesta quinta-feira (23), o time treinado por Rogério Ceni marcou gols no fim, venceu por 2 a 0 e se classificou às oitavas de final da competição nacional.

A jornada, contudo, não foi tranquila. O Tigre lutou até o fim da partida para pelo menos levar a decisão para os pênaltis, e chegou a ter dois gols anulados por impedimento.

Não que o Esquadrão não tenha levado perigo durante o jogo. Pelo contrário. Criou ótimas oportunidades nos contra-ataques, mas pecou por excesso de preciosismo, até marcar os gols. Carlos de Pena e Jean Lucas resolveram.

O Esquadrão de Aço é o primeiro clube do Nordeste a chegar às oitavas de final. Ainda nesta quinta, CRB e Ceará decidem quem será o segundo.

A classificação também garante ao clube a quantia de R$ 3,3 milhões. A soma de todas as fases acumuladas dá um total de R$ 8,5 milhões.

Próximos jogos

O Criciúma só voltará a campo no dia 2 de junho, um domingo, pela 7ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A partida, marcada para às 16h (de Brasília), será disputada no Heriberto Hülse.

Já o Bahia terá pela frente a semifinal da Copa do Nordeste. No próximo domingo (26), o time tricolor recebe o CRB, às 18h, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Relato do jogo

Em casa, o Criciúma esboçou uma pressão inicial e chegou a criar boas chances com Fellipe Mateus e Bolasie. O movimento, contudo, não durou mais do que sete minutos.

Quando o Bahia conseguiu encaixar contra-ataques, passou também a ter suas oportunidades. Aos 18 minutos, Thaciano deu trabalho a Gustavo com um chute de esquerda. Aos 20, Cauly arrematou para a linha de fundo.

A melhor das chegadas ocorreu aos 27 minutos. Ratão puxou contra-ataque pelo meio e encontrou Thaciano na entrada da área. O camisa 16 ajeitou e tocou para Cauly, que finalizou para a defesa de Gustavo.

O Criciúma respondeu logo na sequência. Bolasie fez jogada individual pela esquerda e cruzou na área. Felipe Vizeu dividiu com o goleiro Marcos Felipe e a bola saiu pela linha de fundo.

Criciúma tem gol anulado

O Tigre até abriu o placar, aos 39 minutos do primeiro tempo, com Felipe Vizeu, de cabeça. Entretanto, o camisa 9 carvoeiro estava em posição irregular, e o bandeirinha assinalou o impedimento.

Pênalti?

Aos 12 minutos da etapa final, o árbitro Raphael Claus assinalou pênalti para o Criciúma, alegando um toque na mão do lateral-direito Santiago Arias, do Bahia. A consulta ao VAR, porém, mostrou que a bola bateu na barriga do atleta tricolor, e a marcação foi anulada.

Bahia chega de novo

Três minutos depois, o próprio Arias avançou pela direita e cruzou para Cauly na entrada da área. O camisa 8 finalizou colocado, a bola desviou e Gustavo defendeu.

Éder perde chance claríssima

O Criciúma respondeu de novo aos 26 da etapa final. Após falha de Gabriel Xavier, Eder apareceu sozinho dentro da grande área do Bahia, cara a cara com Marcos Felipe. Ele tentou driblar o goleiro, se atrapalhou e perdeu uma chance claríssima.

Mais um gol anulado

Mais um gol anulado impediu o Tigre de abrir o placar aos 31 minutos do segundo tempo. Claudinho fez cruzamento na área, Bolasie cabeceou e a bola sobrou para Matheusinho, que dividiu com Marcos Felipe e colocou a bola no fundo das redes. No entanto, o camisa 17 carvoeiro estava impedido.

Bahia mata o confronto

Qualquer chance do Criciúma de se classificar às oitavas de final acabou aos 43 minutos do segundo tempo. Biel recebeu a bola na ponta esquerda e cruzou para trás. Carlos de Pena vinha chegando e finalizou de perna esquerda, no cantinho de Gustavo, para abrir placar.

Jean Lucas amplia o placar

Deu tempo para o Bahia marcar o segundo gol. Aos 47 minutos, Carlos de Pena contribuiu com uma assistência para Jean Lucas acertar o canto esquerdo de Gustavo e acabar - ainda mais - com a esperança dos torcedores do Criciúma.

Criciúma 0 x 2 Bahia

Criciúma

Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Wilker Ángel e Marcelo Hermes (Alano); Barreto (Matheusinho), Meritão e Fellipe Mateus (Ronald Lopes); Marquinhos Gabriel (Eder), Felipe Vizeu (Trauco) e Bolasie. Técnico: Cláudio Tencati.

Bahia

Marcos Felipe; Arias, Gabriel Xavier, Kanu e Luciano Juba; Caio Alexandre (Rezende), Jean Lucas, Everton Ribeiro (Carlos de Pena) e Cauly (Estupiñan); Thaciano (Biel) e Rafael Ratão (Ademir). Técnico: Rogério Ceni.

Gols

Carlos de Pena (43min2ºT) e Jean Lucas (47min2ºT), para o Bahia

Cartões amarelos

Meritão (Criciúma); Gabriel Xavier, Jean Lucas e Luciano Juba (Bahia)

Público: 14.316 pagantes

Renda: R$ 298.029,00

Motivo: jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil

Data: 23 de maio de 2024 (quinta-feira), às 19h (de Brasília)

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Árbitro de vídeo: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (VAR-Fifa-RN)

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais