Ouvindo...

Times

Sport domina Náutico nos Aflitos e sai na frente na final do Pernambucano

Leão da Ilha aplicou 2 a 0 no rival na tarde deste sábado (30); segundo jogo será com mando rubro-negro

Dominante do início ao fim, o Sport saiu na frente na final do Campeonato Pernambucano. Neste sábado (30), no estádio dos Aflitos, em Recife (PE), o time rubro-negro venceu o Náutico por 2 a 0. Os gols foram marcados pelo zagueiro e capitão Rafael Thyere e pelo atacante Gustavo Coutinho.

Com o placar, o Leão da Ilha leva boa vantagem para o segundo jogo da decisão, no qual será mandante - pode até perder por um gol de diferença que conquista o título. O time treinado por Mariano Soso, que, suspenso, não esteve no banco de reservas neste sábado, não perde há nove jogos.

A partida foi marcada por uma grande confusão nas arquibancadas, que envolveu inclusive um confronto entre a torcida e a Polícia Militar de Pernambuco (PM-PE).

Vale lembrar que, por determinação da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), os clássicos são disputados com torcida única. O técnico Allan Aal, do Timbu, foi muito vaiado durante o jogo.

Próximo jogo

O segundo jogo da da decisão será realizado no próximo sábado (6), às 16h30, na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE). O mando é do Sport.

Relato do jogo

O primeiro lance de perigo foi do Náutico. Aos seis minutos de jogo, Leandro Barcia arriscou de fora da área e a bola passou por cima da meta de Caíque França, com perigo.

O Sport respondeu aos 20. Alan Ruiz e Fabricio Domínguez fizeram boa tabela, o uruguaio invadiu a área e tentou tocar na saída de Vagner. O goleirão, porém, abafou bem o chute e fez a defesa.

Apesar de jogar como visitante, o Leão da Ilha controlou a posse de bola na etapa inicial. Aos 39, Fabricio Domínguez ajeitou para Alan Ruiz, que, de fora da área, acertou uma bomba. A bola desviou em Patrick Alan e passou por cima do gol defendido por Vagner.

E o goleiro alvirrubro brilhou logo na sequência. Depois de cobrança de escanteio da esquerda, Luciano Castán cabceceou no contrapé e Vagner se esticou todo para espalmar para longe.

Trave salva o Náutico

Na volta para o segundo tempo, a trave salvou o Náutico duas vezes. Aos 3 minutos, Diego Matos saiu jogando errado e a bola sobrou nos pés de Gustavo Coutinho, na cara do gol. O centroavante chutou forte e a bola explodiu no poste direito de Vagner. Fabricio Domínguez pegou o rebote e finalizou na trave direita.

Rafael Thyere abre o placar

Com merecimentos, o Sport saiu na frente aos 10 minutos da etapa final. Alan Ruiz cobrou escanteio com perfeição e Rafael Thyere, livre, cabeceou para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do capitão rubro-negro na temporada.

Aos 18, Pedro Lima quase ampliou. Em contra-ataque rubro-negro, o lateral recebeu de Fabricio Domínguez pela direita e finalizou de chapa. Vagner fez boa defesa.

Gustavo Coutinho amplia

O segundo gol do Leão da Ilha surgiu aos 20 minutos. Artilheiro do time na temporada, Gustavo Coutinho cabeceou no canto direito de Vagner, após cruzamento de Pedro Lima, e estufou as redes.

Confusão nas arquibancadas

Após os gols do Sport, as arquibancadas dos Aflitos foram tomadas por uma confusão entre a Polícia Militar de Pernambuco (PM-PE). As imagens transmitidas pela Globo Nordeste, que transmitiu a partida, mostram inclusive torcedores passando mal após o confronto.

Náutico 0 x 2 Sport

Náutico

Vagner; Arnaldo, Guilherme Matos, Rafael Vaz e Diego Matos; Marco Antônio, Marcos Júnior e Patrick Allan; Leandro Barcia (Thalissinho), Luiz Paulo (Kayon) e Evandro (Kauan Maranhão). Técnico: Allan Aal.

Sport

Caíque França; Pedro Lima, Rafael Thyere (Alisson Cassiano), Luciano Castán e Riquelme (Rosales); Felipe, Fabricio Domínguez, Lucas Lima (Barletta) e Alan Ruiz; Romarinho e Gustavo Coutinho. Técnico: César Lucena.

Gols

Rafael Thyere (10min2ºT) e Gustavo Coutinho (20min2ºT), para o Sport

Cartões amarelos

Rafael Vaz, Leandro Barcia e Marcos Júnior (Náutico); Riquelme, Rafael Thyere e Felipe (Sport)

Público: Ainda não informado

Renda: Ainda não informada

Motivo: jogo de ida da final do Campeonato Pernambucano de 2024

Data e horário: 30 de março de 2023 (sábado), às 16h30 (de Brasília)

Local: Estádio dos Aflitos, no Recife (PE)

Árbitro: Diego Fernando

Auxiliares: Clóvis Amaral e José Romão

Árbitro de vídeo: Gilberto Castro Júnior

Leia também

Participe dos canais da Itatiaia Esporte:

Nuno Krause é correspondente da Itatiaia na região Nordeste. Formado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), acumula passagens por Bahia Notícias, Jornal A TARDE e Rádio Salvador FM. Atua no jornalismo esportivo desde 2019.
Leia mais