Ouvindo...

Times

Paquetá é indiciado pela Federação Inglesa em investigação de apostas esportivas

Jogador teria forçado cartões amarelos em jogos da Premier League

O brasileiro Lucas Paquetá foi indiciado nesta quinta-feira (22) pela Football Association inglesa por má conduta relacionada a apostas esportivas. O atleta do West Ham, da Inglaterra, teria forçado o recebimento de cartões em quatro ocasiões diferentes, com o objetivo de beneficiar o mercado de apostas.

O jogador foi acusado de quatro violações da Regra E5.1 da FA em relação à sua conduta nos jogos do West Ham na Premier League. As partidas seriam contra o Leicester City, em 12 de novembro de 2022; Aston Villa em 12 de março de 2023; Leeds United em 21 de maio de 2023; e Bournemouth em 12 de agosto de 2023.

“Alega-se que ele procurou influenciar diretamente o progresso, a conduta ou qualquer outro aspecto ou ocorrência nessas partidas, buscando intencionalmente receber um cartão do árbitro com o propósito indevido de afetar o mercado de apostas para que uma ou mais pessoas pudessem lucrar”, disse a FA em nota oficial.

Paquetá alega inocência

Paquetá imediatamente publicou uma resposta em suas redes sociais com um ar de incredibilidade, alegando que cooperou com as investigações e que é inocente.

“Estou extremamente surpreso e chateado com o fato de a FA ter decidido me acusar. Cooperei com todas as etapas da investigação e forneci todas as informações que pude durante estes 9 meses. Nego as acusações na íntegra e lutarei com todas as minhas forças para limpar meu nome. Devido ao processo em andamento, não fornecerei mais comentários”, escreveu o meia.

O jogador, que foi convocado por Dorival Júnior para a disputa da Copa América, tem até o dia 3 de junho para prover uma resposta para as acusações.

*COM AGÊNCIAS

Leia também


Participe dos canais do Itatiaia Esporte:

Portal de esportes da Itatiaia
Leia mais