Ouvindo...

Times

Vojvoda diz ter propostas e não garante permanência no Fortaleza em 2024

Treinador tem contrato até dezembro do ano que vem, mas diz que vai analisar questões pessoais para definir o futuro

O técnico do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, disse neste domingo que vai conversar com a diretoria do Fortaleza sobre seu futuro. Ele tem contrato até dezembro de 2024, mas admitiu ter propostas e que, neste momento, é importante pensar também em seu planejamento pessoal.

“Até quarta-feira penso somente no Fortaleza, mas depois quero descansar, baixar a adrenalina. Não vou esconder de vocês a realidade, que tem propostas que devo receber. Nesse momento tenho contrato, gosto de respeitar contratos, mas também preciso descansar e de um planejamento pessoal”, disse Vojvoda após a vitória de 1 a 0 sobre o Goiás, neste domingo (3), pelo Brasileiro, que garantiu o Fortaleza na Copa Sul-Americana em 2024.

Vojvoda revelou que se reuniu neste domingo com o presidente do clube, Marcelo Paz. O dirigente iniciou a conversa de planejamento para 2024, do que o Fortaleza precisa, mas Vojvoda disse que é preciso também conversar sobre o que o treinador necessita em termos pessoais.

A questão é a família do treinador, que desde que ele foi apresentado no clube, em maio de 2021, continua morando na cidade de Rosario, na Argentina. Vojvoda não quer mais viver longe dos familiares, e por isso vai conversar com eles para definir seu futuro. Se fica, ou se sai se tiver uma proposta que o agrade para o projeto profissional e pessoal.

“O que o Vojvoda necessita? Nada econômico, econômico, não. Tenho um bom salário, agradeço ao Fortaleza, claro que sei que esse salário é por meu esforço e trabalho. Nesses três anos aqui o projeto foi estar aqui, e isso foi acertado com minha família. Agora vou conversar com eles novamente, porque no ano passado aconteceu algo similar, tive propostas, mas decidimos que o melhor era ficar no Fortaleza”, disse o treinador.

No ano passado, Vojvoda teve o nome vinculado a alguns clubes do Sudeste, como Vasco e Corinthians. Marcelo Paz já disse que gostaria de renovar o acordo até o fim de 2026.

Formado em jornalismo pela PUC-Campinas em 2000, trabalhou como repórter e editor no Diário Lance, como repórter no GE.com, Jornal da Tarde (Estadão), Portal IG, como repórter e colunista (Painel FC) na Folha de S. Paulo e manteve uma coluna no portal UOL. Cobriu in loco três Copas do Mundo, quatro Copas América, uma Olimpíada, Pan-Americano, Copa das Confederações, Mundial de Clubes, Eliminatórias e finais de diversos campeonatos.
Leia mais