Ouvindo...

Times

Advogado mineiro Antônio Fabrício tem nome aprovado no Senado e é o novo ministro do TST

Ele é natural de Minas Gerais e professor na PUC-Minas. Nome foi indicado por Lula e teve apoio de Rodrigo Pacheco, presidente do Congresso

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (19) o nome do advogado mineiro Antônio Fabrício para ser o novo ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Foram 62 votos a favor da indicação, 2 contrários e 1 abstenção.

O nome de Antônio Fabrício, que integra o grupo de advogados progressistas Prerrogativas, fazia parte da lista tríplice entregue ao presidente Lula (PT). Ele é natural de Brasília de Minas (MG) e professor na PUC-Minas. O nome tem o apoio do presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Sabatina na CCJ

Durante sabatina na Comissão de Justiça do Senado nesta manhã, o advogado respondeu a perguntas sobre temas polêmicos da área trabalhista, como a Reforma Tributária, por exemplo. Leia abaixo:

Leia também

  • Reforma Tributária - questionado sobre se concorda ou não com a prevalência do negociado sobre o legislado, ele foi taxativo. “A reforma está consolidada, não luto contra a realidade”, disse ele.
  • “Pejotização” - segundo o advogado, a lei da “terceirização” foi aprovada com barreiras muito amplas, mas que “o limite é a legalidade”.
  • “Uberização” - Fabrício disse estar claro que a atividade de motorista por aplicativo gera renda para os brasileiros, e afirmou reconhecer o “esforço” do parlamento para aprovar um “marco civilizatório” que garanta direitos aos trabalhadores do setor.

Quem é Antônio Fabrício

Natural de Brasília de Minas, advogado trabalhista desde 1993, com atuação no Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região e no TST, em processos e sustentações orais. Graduado e mestre em Direito do Trabalho pela PUC Minas, com pós-graduação em Direito de Empresa IEC/PUC/Fundação Dom Cabral. Aprovado no doutorado em Direito do Trabalho na UFMG em 1º lugar (2014). Professor de Direito do Trabalho da graduação e pós-graduação da PUC Minas desde 1999. Diretor tesoureiro OAB-MG (2013/2015), presidente (gestão 2016/2018).


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista nascida na capital federal. Graduada pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb), foi editora de política nos jornais O Tempo e Poder360. É especializada em Língua Portuguesa e Revisão de Texto. Na Itatiaia, é Supervisora de Conteúdo desde fevereiro de 2024.
Edilene Lopes é jornalista, repórter e colunista de política da Itatiaia e podcaster no “Abrindo o Jogo”. Mestre em ciência política pela UFMG e diplomada em jornalismo digital pelo Centro Tecnológico de Monterrey (México). Na Itatiaia desde 2006, já foi apresentadora e registra no currículo grandes coberturas nacionais, internacionais e exclusivas com autoridades, incluindo vários presidentes da República. Premiada, em 2016 foi eleita, pelo Troféu Mulher Imprensa, a melhor repórter de rádio do Brasil.
Leia mais