Ouvindo...

Times

Pacheco anuncia que PEC do Quinquênio foi retirada da pauta de votações do Senado

Presidente do Senado afirmou que decisão foi tomada em função de prioridades para ações no Rio Grande do Sul e para que o impacto financeira seja melhor avaliado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), retirou de pauta a PEC do Quinquênio, que concede bônus para magistrados e promotores. O texto passará por novas análises de impacto financeiro.

A PEC cria um adicional de 5% do salário a cada cinco anos — como valorização por tempo de exercício — para agentes públicos de carreiras jurídicas, como juízes, procuradores e defensores públicos.

“Essa proposta de emenda à Constituição estava na pauta. Cumpriu quatro sessões de discussão, falta uma quinta, mas optamos por retirar da pauta em função de todos os acontecimentos do Rio Grande do Sul e da necessidade de priorização neste sentido”, disse Pacheco, durante evento em São Paulo na segunda-feira (21).

O senador avalia que a garantia de um período maios para análise da matéria dará “o tempo necessário para uma avaliação de impacto financeira, sobretudo do Poder Judiciário e do Ministério Público, que são as carreiras inseridas na originalidade da PEC”.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Editor de Política. Formado em Comunicação Social pela PUC Minas e em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já escreveu para os jornais Estado de Minas, O Tempo e Folha de S. Paulo.
Leia mais