Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Deputado quer explicação de Zema para ‘termo de responsabilidade’ imposto a servidores na Cidade Administrativa

Requerimento apresentado na Comissão do Trabalho se refere a termo que servidores precisam assinar para poderem entrar em prédios da sede administrativa do governo

O deputado estadual Betão (PT) apresentou um requerimento à Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), para que o governador Romeu Zema (Novo) e o secretário de Estado de Governo, Gustavo Valadares (PMN), dêem explicações sobre um “termo de responsabilidade” imposto a servidores públicos que tentam acessar prédios da Cidade Administrativa.

Veja mais:

De acordo com o pedido, o documento “repassa a garantia da segurança aos trabalhadores e as suas respectivas chefias, caso forem, presencialmente, à sede administrativa de Minas Gerais”.

A medida foi implementada pelo Governo de Minas nesta semana, depois de ter determinado o retorno do trabalho remoto a milhares de servidores devido aos problemas estruturais em elevadores sociais e privativos dos prédios Minas e Gerais, da sede administrativa do governo.

Na última sexta-feira (10), a medida foi feita em caráter de urgência após a paralisação imediata dos equipamentos. Segundo o Executivo estadual, os elevadores possuem problemas de construção.

Termo de responsabilidade

A necessidade de assinatura de um termo de responsabilidade vale para os servidores que quiserem cumprir jornada presencial na Cidade Administrativa ou mesmo para quem precisar retirar objetos ou documentos dos locais de trabalho, informou o Governo de Minas nesta terça-feira (14).

Sem os elevadores funcionando adequadamente, os funcionários públicos precisam acessar as escadas do prédio. Em novembro do ano passado, quando os equipamentos do prédio Minas já estavam desativados, um servidor lotado na Secretaria de Estado de Saúde morreu no 13º andar do edifício, vítima de um mal súbito.

Ele chegou a ser atendido por uma equipe da própria pasta e até pelo secretário Fábio Baccheretti, mas não resistiu.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Editor de política. Foi repórter no jornal O Tempo e no Portal R7 e atuou no Governo de Minas. Formado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tem MBA em Jornalismo de Dados pelo IDP.
Leia mais