Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Caixa adia aplicação de concurso no RS, mas mantém no restante do país

São 47 mil candidatos no estado. Aplicação no restante do país segue confirmada para 26 de maio

A Caixa Econômica Federal adiou a aplicação das provas do concurso do banco para os candidatos do Rio Grande do Sul, em razão da situação de calamidade no estado em decorrência das chuvas. A decisão foi anunciada na tarde desta sexta-feira (10). São 47 mil candidatos afetados.

A nova data, para esses candidatos do RS, ainda está em definição. Para o restante do Brasil, as provas estão mantidas para o dia 26 de maio.

Em nota, o banco diz que o adiamento por região não prejudica a isonomia dos candidatos, “já que concorrem entre si por polo, escolhido no momento da inscrição, e não nacionalmente”.

Mais de 1,2 milhão de candidatos de todo o país se inscreveram no concurso que oferece mais de 4 mil vagas, incluindo cadastro reserva.

Leia também

Conforme o edital, estão disponíveis 2 mil vagas para Técnico Bancário Novo (TBN), para encarreiramento geral no banco, e 2 mil vagas para TBN na área de Tecnologia da Informação (TI), todas de nível médio. Além destas, há 50 vagas de nível superior, sendo 28 para médicos do trabalho e 22 para engenheiros de segurança do trabalho.

O cargo mais procurado é o de Técnico Bancário Novo (TBN), que recebeu 1.072.983 inscrições. Por sua vez, foram realizadas 117.252 inscrições para o cargo de TBN na área de Tecnologia da Informação.

Para os cargos de engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho foram confirmadas 9.885 e 977 inscrições, respectivamente.

O processo seletivo consiste em teste com questões objetivas de conhecimentos gerais e específicos, redação, para o cargo de TBN, e prova discursiva, para nível superior.

As cidades de realização de prova estão vinculadas ao polo escolhido pelo candidato no momento da inscrição, ou seja, aquele em que deseja trabalhar. A única exceção é o cargo de TBN - Tecnologia da Informação, no qual há opção de realizar a prova em cidade diferente do polo escolhido.


Participe dos canais da Itatiaia:

É jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB). Cearense criado na capital federal, tem passagens pelo Poder360, Metrópoles e O Globo. Em São Paulo, foi trainee de O Estado de S. Paulo, produtor do Jornal da Record, da TV Record, e repórter da Consultor Jurídico. Está na Itatiaia desde novembro de 2023.
Leia mais