Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

DPU pede à Justiça Federal que condene Elon Musk a pagar R$ 1 bilhão por danos morais

O pedido ocorre após Musk fazer duras críticas ao ministro do STF Alexandre de Moraes. O bilionário o acusou de “censura” por decisões que determinam a remoção de conteúdos de contas investigadas no Brasil

A Defensoria Pública da União (DPU) pediu nesta sexta-feira (19) à Justiça Federal que condene a rede social X (antigo Twitter) a pagar R$ 1 bilhão em indenização devido a “dano moral e coletivo e danos sociais ao Brasil”. A informação é da Folha de São Paulo.

O DPU alega que as condutas do empresário Elon Musk, dono da plataforma X, “representam instrumentalização de plataformas digitais para fins ilícitos”.

O pedido ocorre após Musk fazer duras críticas ao ministro do Supremo Tribunal (STF) Alexandre de Moraes. O bilionário o acusou de “censura” por decisões que determinam a remoção de conteúdos de contas investigadas no Brasil. Além disso, o norte-americano afirmou que não vai cumprir com as decisões da justiça brasileira.

Leia também

"[O que aponta] para a grave responsabilidade das empresas e de seus gestores, indicando uma indução e participação em atividades criminosas que atentam contra o tecido democrático da nação”, diz a ação da Defensoria.

Câmara dos EUA divulga relatório

A Comissão de Assuntos Judiciários da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos publicou na quarta-feira (17) relatório com 90 despachos do Supremo Tribunal Federal (STF) determinando ao X, antigo Twitter, que tirasse perfis do ar. O texto é assinado pelo republicano Jim Jordan, aliado de Donald Trump. O documento aponta o ministro do STF Alexandre de Moraes como responsável por suprimir qualquer forma de oposição ao governo do presidente Lula (PT) no Brasil.


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais