Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Eleições, G20 e Venezuela foram pauta em reunião entre EUA e Brasil no Planalto

Antony Blinken, Secretário de Estado dos Estados Unidos, foi recebido pelo presidente Lula nesta quarta-feira, em agenda que teve como foco a reunião do G20 que acontece no Rio

O encontro do presidente Lula com o secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, que ocorreu nesta quarta-feira (21), no Palácio do Planalto, durou cerca de 1h50. Em pauta, as autoridades brasileiras e estadunidenses trataram de temas diversos, incluindo as eleições presidenciais dos EUA, a situação da Venezuela e a reunião dos ministros de Relações Exteriores do G20, que acontece entre quinta e sexta-feira no Rio de Janeiro.

O G20 foi o principal assunto do encontro. Ao fim da reunião, Blinken falou rapidamente com a imprensa brasileira e destacou a parceria entre os dois países.

“Foi uma ótima reunião, estou muito grato ao presidente pelo seu tempo. Foi uma ótima reunião e Estados Unidos e Brasil estão fazendo importantes coisas juntos. Estamos trabalhando juntos bilateralmente, regionalmente, globalmente. É uma parceria importante”, destacou.

Antes do encontro, um comunicado do governo estadunidense destacou que o secretário iria enfatizar na reunião com Lula o apoio dos Estados Unidos à presidência do Brasil no G20 e à parceria entre os dois países pelos direitos dos trabalhadores e na cooperação na transição para energia limpa - temas que serão discutidos no encontro do Rio de Janeiro.

Também foi tema do encontro a situação da Venezuela, que recentemente expulsou doze funcionários de um escritório local do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH). Na semana passada, uma fonte do Departamento de Estado dos EUA afirmou à agência AFP que a suspensão das atividades do escritório na Venezuela é “alarmante”. Antes disso, o governo norte-americano já havia demonstrado preocupação com a intenção do governo de Nicolás Maduro de anexar o território de Essequibo, que pertence à Guiana.

Leia também

Eleições nos EUA e Israel

Outro assunto levantado durante o encontro foi a eleição presidencial dos EUA e a polarização entre Joe Biden e o ex-presidente Donald Trump, que tenta voltar à Casa Branca.

Sem mencionar diretamente os candidatos, Blinken afirmou que as eleições estão ‘polarizadas’, e que o resultado das eleições se ‘concentrará em seis ou sete estados’. A conversa foi flagrada pela jornalista Jennifer Hansler, da CNN dos Estados Unidos, em um momento da reunião que foi aberto para que as fotos do encontro fossem registradas.

Ao fim da reunião, após falar brevemente com a imprensa, Blinken foi perguntado se a crise diplomática com Israel entrou em pauta, mas o questionamento não foi respondido.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Repórter da Rádio Itatiaia em Brasília atuando na cobertura política dos Três Poderes. Mineiro formado pela PUC Minas Gerais, já teve passagens como repórter e apresentador pela Rádio BandNews FM, Jornal Metro e O Tempo. Vencedor do prêmio CDL de Jornalismo em 2021 e Amagis 2022 na categoria rádio.
Leia mais