Ouvindo...

Times

Pacheco pede que Lula se retrate por associar ação de Israel em Gaza ao Holocausto

Presidente do Senado classificou a fala do petista como ‘inapropriada e equivocada’

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pediu que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se retrate pela associação feita entre as ações militares de Israel na Faixa de Gaza ao Holocausto nazista. O pedido foi feito durante sessão deliberativa nesta terça-feira (20). Pacheco classificou a fala do petista como “inapropriada e equivocada”.

”...Esta Casa repele reações desproporcionais e o uso de violência irracional que tenham ocorrido ou estejam ocorrendo na Faixa de Gaza, durante a contra ofensiva israelense. Contudo, não podemos compactuar com as afirmações que compararam a ação militar que está ocorrendo na região neste momento com o Holocausto, o genocídio contra o povo judeu perpetrado pelo regime nazista na Segunda Guerra Mundial”, disse Pacheco, completando:

“Estamos certos de que uma fala inapropriada e equivocada não representa o verdadeiro propósito do presidente Lula, que é um líder global conhecido por estabelecer, ou buscar estabelecer diálogos e pontes entre as nações. Em especial, por essa confiança, é que uma fala dessa natureza deve render uma retratação. É fundamental que haja uma retratação e um esclarecimento com pedido de desculpas em relação a uma parte da fala que estabelece esta premissa equivocada, pois o foco das lideranças mundiais deve estar na resolução do conflito entre Israel e Palestina.”

Leia também

Pacheco afirmou que acompanha “com grande preocupação” os desdobramentos do conflito entre Israel e Palestina. “Os judeus, e sua história, assim como os palestinos, merecem o mais absoluto respeito, e este Senado Federal clama pela paz entre as nações. A solução para o conflito passa, necessariamente, pelo cumprimento dos tratados de direitos humanos e pelos mecanismos multilaterais de solução de controvérsias, sempre respeitando a memória histórica dos povos envolvidos.”

No último domingo (18), Lula associou a operação militar de Israel contra o Hamas ao Holocausto dos judeus na Segunda Guerra Mundial. “Sabe, o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino, não existe em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu quando Hitler resolveu matar os judeus”, afirmou o presidente.

Além do governo de Israel — que convocou o embaixador brasileiro em Tel Aviv para explicações —, houve reação de políticos de oposição no Brasil.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

É jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB). Cearense criado na capital federal, tem passagens pelo Poder360, Metrópoles e O Globo. Em São Paulo, foi trainee de O Estado de S. Paulo, produtor do Jornal da Record, da TV Record, e repórter da Consultor Jurídico. Está na Itatiaia desde novembro de 2023.
Leia mais