Ouvindo...

Times

‘Rachadinha': Conselho de Ética sorteia lista tríplice para definir relator de pedido de cassação de Janones

Foram sorteados os deputados Emanuel Pinheiro Neto (MDB-MT), Guilherme Boulos (Psol-SP) e Sidney Leite (PSD-AM). Escolha final é do presidente do colegiado

O Conselho de Ética da Câmara sorteou, nesta quarta-feira (13), uma lista tríplice de indicados à relatoria do pedido de cassação do mandato do deputado federal André Janones (Avante-MG). O parlamentar mineiro é suspeito de organizar um esquema de ‘rachadinha’ com funcionários de seu gabinete.

Foram sorteados para a relatoria os seguintes deputados: Emanuel Pinheiro Neto (MDB-MT), Guilherme Boulos (Psol-SP) e Sidney Leite (PSD-AM). A escolha final será feita pelo presidente do Conselho de Ética, deputado Leur Lomanto Júnior (União Brasil-BA).

A representação foi aberta a pedido do Partido Liberal (PL), que aponta condutas ilegais e incompatíveis com o exercício da atividade parlamentar.

Leia mais: Janones manda R$ 58,4 milhões de emendas — 76% do total — para prefeitura da ex-mulher

O deputado é acusado de cobrar dos funcionários de seu gabinete o recebimento de parte dos salários deles. Áudios em que o parlamentar supostamente pede fatias dos vencimentos dos servidores foram divulgados na segunda (27). Na gravação, o parlamentar do Avante diz que os assessores precisariam ajudá-lo a pagar dívidas de campanha.

O áudio teria sido captado em 2019. Na gravação, feita por um ex-funcionário do deputado do Avante, há a menção a um assessor de Janones que, embora recebesse R$ 10 mil mensais, deveria repassar parte do salário ao deputado. Em 2016, o parlamentar disputou a prefeitura de Ituiutaba. Ele ficou em segundo lugar, com 13.759 votos - 24% dos votos.

Siga o canal da Itatiaia no WhatsApp

“Tem algumas pessoas aqui, que ainda vou conversar em particular depois, que vão receber um pouco de salário a mais e vão me ajudar a pagar as contas do que ficou na minha campanha de prefeito, que eu perdi R$ 675 mil na campanha. Elas vão ganhar mais para isso. ‘Ah, isso é devolver salário e você está chamando de outro nome’. Não, não é. Porque devolver salário você manda na minha conta e eu faço o que eu quiser. São simplesmente algumas pessoas que eu confio e que participaram comigo em 2016, que eu acho que elas entendem que meu patrimônio foi todo dilapidado”, afirma o homem que, na gravação, seria Janones.

É jornalista formado pela Universidade de Brasília (UnB). Cearense criado na capital federal, tem passagens pelo Poder360, Metrópoles e O Globo. Em São Paulo, foi trainee de O Estado de S. Paulo, produtor do Jornal da Record, da TV Record, e repórter da Consultor Jurídico. Está na Itatiaia desde novembro de 2023.
Leia mais