Notícias

Vice-presidente, Lásaro responde ex-lateral Cicinho: 'Você deve agradecer ao Atlético'

O ex-lateral que reclamou ter pago dívida milionária ao Galo por causa da sua saída do clube

Por Redação, 30/06/2020 às 10:59
atualizado em: 30/06/2020 às 20:06

Texto:

Foto: Redes Sociais
Redes Sociais

RESUMO

  • O vice-presidente do Atlético, Lásaro Cândido Cunha, disse que Cicinho deve agradecer ao Atlético por ter reduzido a dívida do ex-jogador 
  • Cicinho disparou contra o Atlético dizendo que não guarda boas recordações e que teve prejuízo em ter atuado no clube
  • O centro da polêmica envolve uma empresa paulista, que seria detentora de 50% dos direitos do jogador e processou Atlético e Cicinho por sua saída do clube


O vice-presidente do Atlético, Lásaro Cândido Cunha, usou o Twitter na manhã desta terça-feira para responder Cicinho, ex-lateral que reclamou ter pago dívida milionária ao Galo por causa da sua saída do clube. O ex-jogador, com passagens por São Paulo, Real Madrid e Roma, teve vínculo com o alvinegro entre os anos de 2001 e 2003.

"Para de falar besteira, Cicinho. O Atlético não tem recordação de você. A recordação é péssima. Você deu prejuízo e deveria agradecer o Atlético", disparou Lásaro dizendo que o jogador teria que arcar com um valor próximo de R$ 10 milhões, mas que o Atlético teria reduzido para cerca de R$ 3 milhões

Entenda 

Nessa segunda-feira (29), em entrevista ao canal do jornalista Jorge Nicola, Cicinho disse ter sido alvo de injustiça e que o Atlético não "é uma memória agradável" para ele. "Não guardo mágoa, mas torço para que o Atlético não se dê bem", disparou.

O centro da polêmica envolve a empresa paulista Axial, que, segundo Lásaro Cândido, era detentora de 50% dos direitos do jogador. "A empresa processou o Atlético e o Cicinho, conjuntamente, e ambos foram condenados, no valor total, em 2016, em torno de 18 milhões", explica o diretor. 

Segundo Lásaro, em 2016, por meio do advogado Raúl Ribeiro, o Atlético conseguiu reduzir para cerca de R$ 9 milhões a multa. "Mas o Cicinho não participou do acordo", diz. 

O Atlético, então, processou o jogador e ganhou a causa, conforme revela Cicinho. "No ano passado, eu perdi uma ação para o Atlético. Tinha uma cláusula que eu tinha que ter notificado se fosse sair do clube. Tive que pagar R$ 3 milhões. Nunca ganhei dinheiro nenhum do Atlético, só para que o torcedor entenda. Tudo o que ganhei lá em quase três anos, tive que pagar agora para que não penhorassem alguns bens meus", alegou.

Lásaro, contudo, responde que o jogador deveria "agradecer ao Atlético por ter facilitado a vida dele" oferendo desconto em relação ao valor total da dívida. "(O Galo) foi lá na empresa, compareceu, fez acordo e depois negociou com ele em condições excepcionais", diz.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    De acordo com um deputado que acompanhou a ação, dez animais foram resgatados e muitos deles estavam morrendo de calor e de sede #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    As demissões podem chegar no mês de julho a 60 mil trabalhadores, o que representa 50% de toda mão de obra do setor. #itatiaia

    Acessar Link