Notícias

Câmara de BH aprova projeto que cria 'botão do pânico' em app de transporte público

Além deste projeto, outros dois foram aprovados em segundo turno e seguem para sanção do prefeito Alexandre Kalil (PSD)

Por João Felipe Lolli, 15/09/2020 às 18:39
atualizado em: 15/09/2020 às 19:10

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os vereadores de Belo Horizonte encerram as sessões plenárias de setembro aprovando quatro projetos de lei na Câmara Municipal, três deles em segundo turno. Portanto, já seguem para análise do prefeito Alexandre Kalil (PSD)

São projetos que criam o Dia Municipal de Combate a Trombofilia e a Virada Esportiva, além de proposta que cria um “botão do pânico” em aplicativo usado por passageiros do transporte público.

Em primeiro turno, foi aprovado também um projeto que autoriza o uso de drones nas ações da Guarda Municipal. Este texto precisa de uma segunda votação. Os vereadores de Belo Horizonte voltam a se reunir para votar projetos apenas em outubro.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link