Notícias

Trabalhador é soterrado por talude na Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho

Operador de escavadeira estava atuando em uma área de descarte, quando ele e a máquina foram atingidos pela terra

Por Camila Kifer , 18/12/2020 às 18:08
atualizado em: 18/12/2020 às 19:44

Texto:

Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros
Divulgação / Corpo de Bombeiros

RESUMO

  • Trabalhador é soterrado por talude na Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho
  • Operador de escavadeira estava atuando em uma área de descarte, quando ele e a máquina foram atingidos pela terra 


Um operador de retroescavadeira foi soterrado por um talude na Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta sexta-feira (6). Após horas de buscas, a estrutura da cabine do veículo em que ele estava se rompeu e ele acabou não resistindo.  

O tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, explicou que o soterramento ocorreu longe do local onde a barragem B1 se rompeu em 25 de janeiro de 2019.

"Ocorreu em uma área de descarte de material, que fica próximo a cava principal da Mina, onde a operação é realizada de maneira separada da nossa operação de busca. A princípio há uma vítima, que é o operador da retroescavadeira", explicou o tenente. 

Ao menos cinco equipes do Corpo de Bombeiros atuaram na área. Os militares conseguiram acessar a máquina que era operada pela vítima e aturam nas buscas pelo trabalhador, que era funcionário de uma empresa terceirizada, que presta serviço para a mineradora Vale. Porém, após algumas horas de busca, a estrutura da máquina cedeu e o operador acabou atingido. Ele não resistiu aos ferimentos. 

A reportagem da Itatiaia entrou em contato com a mineradora e aguarda um posicionamento.  

Assista aos vídeos: 

Matéria em atualização.  

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Judoca e jogador do vôlei foram porta-bandeiras do Brasil na cerimônia. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Também foram confirmados 1.928.391 casos até o momento. #Itatiaia

    Acessar Link