Notícias

Thiago Neves fala sobre salários atrasados e investigação, mas garante foco no clássico

Por Redação, 09/07/2019 às 20:18
atualizado em: 09/07/2019 às 20:24

Texto:

Foto: Vinnícius Silva/Cruzeiro
Vinnícius Silva/Cruzeiro

Na semana do primeiro clássico contra o Atlético pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Cruzeiro segue dividindo as atenções com o extracampo. Em meio às investigações da Polícia Civil no clube, o meia Thiago Neves também falou sobre salários atrasados no elenco, mas minimizou os problemas e garantiu foco total na partida de quinta-feira, às 20h, no Mineirão.

Para o armador, o extracampo não irá interferir no desempenho do time. “Nem um pouco, até porque a gente já vem com o pensamento no Atlético desde o sorteio. O que aconteceu hoje não vai interferir em nada. O objetivo nosso é passar, é o maior rival, é um jogo que vai parar a cidade. O torcedor está com a gente. É um dia difícil para o Cruzeiro, mas o torcedor não quer saber o que aconteceu hoje, quer saber sobre quinta-feira. Vamos nos empenhar. Esses dois jogos são mais importantes”, disse.

A terça-feira no Cruzeiro foi movimentada e com mais um capítulo da crise política no clube, alvo da operação ‘Primeiro Tempo’, da Polícia Civil, que apreendeu diversos documentos, computadores e celulares nas casas do presidente Wagner Pires de Sá, do vice-presidente de futebol, Itair Machado, e do diretor-geral, Sérgio Nonato.

Ao ser questionado sobre o atraso no pagamento dos salários do mês de junho – que deveria ser quitado no último dia 5 –, Thiago Neves assegurou que isso não será problema, até porque o Cruzeiro já acertou nessa segunda-feira (8) com os atletas.

“Ontem já acertaram, está todo mundo rindo à toa no clube. A gente conversou, o Itair disse que estava difícil, eles jogam aberto com a gente. Disseram que iam acertar. Nos primeiros dias, é estranho, porque dois anos recebendo em dia, você pergunta: Está tudo em ordem?”, indagou.

“Não procuro ficar acompanhando também (as coisas extracampo). Mando mensagem para o Itair, mas nós jogadores temos que estar juntos. Para mim, como funcionário, está tudo em ordem. Os salários atrasaram, mas qual clube não atrasa? Começaram a bater nisso porque o Cruzeiro nunca atrasa. Não vamos tirar o foco de quinta-feira”, ressaltou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    "A família me procurou no início do mês, estava preocupada por ele estar sem advogado", explicou o advogado #itatiaia

    Acessar Link