Ouça a rádio

Compartilhe

Servidores denunciam projeto que pretende acabar com a Companhia de Habitação de Minas

Projeto de lei deve ser enviado para a Assembleia Legislativa em junho

Divulgação
Foto: Divulgação

A presidência da Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab Minas) planeja acabar com a empresa estatal e deve enviar um projeto de lei para a Assembleia Legislativa em junho pedindo a extinção. Servidores afirmam que receberam a informação do próprio presidente da empresa.

Servidores alegam que uma das principais preocupações é em relação a política de habitação da estatal. Um dos funcionários procurou a Itatiaia, mas preferiu não ter a identidade revelada.

“Existe toda uma dinâmica da construção de casas populares para baixa renda, foi informado que as construtoras poderiam fazer esse tipo de demanda contudo os municípios pequenos, distantes de Minas Gerais ficarão desassistidos porque as prestações que eles pagam às vezes é menos que R$ 100, existe um estudo das assistentes sociais da companhia para verificar o valor da prestação a ser pago por aquela família.”

Outra preocupação dos funcionários é com a realocação dos Servidores, tantos os contratados quantos os concursados. “O projeto de lei que vai ser enviado à Assembleia contempla os antes de 88 e serão realocadas apenas 20% dos concursados, dessa forma pedimos apoio a toda a população, aos deputados, aos prefeitos para que a empresa não feche.”

Por meio de nota, o governo de Minas nega a existência de qualquer projeto de lei neste sentido.