Notícias

Servidores da Saúde de Minas ameaçam entrar em greve por corte de gratificação

Os trabalhadores dizem que os descontos chegam a R$ 900

Por Cléver Ribeiro, 05/04/2021 às 12:59
atualizado em: 05/04/2021 às 16:38

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Cléver Ribeiro/Itatiaia
Cléver Ribeiro/Itatiaia

Servidores estaduais da Saúde fizeram um protesto na manhã desta segunda-feira e ameaçam entrar em greve por corte de gratificação. Os trabalhadores cobram o cancelamento do decreto do governo que reduz os salários. Em muitos casos o desconto chega até R$ 900. 

De acordo com o diretor da Associação dos Trabalhadores em Hospitais do Estado de Minas Gerais (Asthemg), Carlos Augusto Martins, março foi o segundo mês consecutivo em que o desconto foi feito. “Em torno de 60 a 70% dos salários das pessoas [estão sendo descontados], é a gratificação que as pessoas recebiam, no valor de R$ 1.116 e estão tendo o desconto de R900, R$ 800.”

Além dos cortes, os servidores denunciam sobrecarga de serviço e falta de profissionais da saúde, principalmente devido ao agravamento da pandemia.

“O governo tem justificado que está com dificuldade de conseguir profissionais e isso é mentira, porque nós temos muitos servidores antigos e experientes que estão afastados por serem de grupo de risco e que estão dispostos a voltar a trabalhar se forem vacinados. No entanto a Fhemig se recusa a vacinar esses profissionais para que eles possam assumir de novo o trabalho.”

Em nota, a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) informou que os descontos na folha de pagamento dos servidores são aplicados de acordo com o que determina a legislação vigente.

A Fhemig afirma ainda que está dialogando com os demais órgãos do governo de Minas para apresentar propostas que possam atender às reivindicações dos servidores. 

Vacinação

Sobre a imunização contra a covid-19, a Fhemig declarou que as unidades da rede localizadas em Belo Horizonte devem seguir o Planejamento de Vacinação contra covid-19 do município, no qual consta que a vacinação deverá ocorrer para os trabalhadores da Saúde que estão em atividade.

A fundação garante que todos os servidores ativos e em exercício nas unidades assistenciais da Fhemig já foram imunizados. 

Sobre o retorno dos profissionais do grupo de risco para a linha de frente, a Gerência de Saúde e Segurança do Trabalhador, orienta a manutenção das medidas protetivas vigentes.

A instituição orienta os profissionais da área da saúde da capital mineira que ainda não foram vacinados contra a doença a realizar o cadastro no site da PBH, conforme o  Planejamento de Vacinação contra Covid-19 da SMS-BH.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link